quarta-feira, 24 de julho de 2013

Curiosidade tem limite!

Imagem: Reprodução Internet
"(...) A curiosidade humana é o desejo do ser humano de ver ou conhecer algo até então desconhecido..." 

Sim ser curioso é benéfico, porém, quando ultrapassa um limite estabelecido pela ética social, como por exemplo a invasão do espaço alheio, invasão a privacidade do outro passa a ser prejudicial e pode e deve ser reprimida. A vítima as vezes para ser educada acaba respondendo para a curiosidade sem fim e pode ter certeza isto só alimenta mais ainda a fome de informação do outro...

Algumas perguntas que não deveriam ser feitas: 
Quantos anos? É seu filho(a) ou namorado(a)? Quanto custou? Quanto você ganha? É seu ou é silicone? É botox? Está grávida ou a barriga está enorme? Comprou parcelado? Ué por onde anda o(a) namorado(a)? Está namorando, quando vai casar? Casou, quanto vai ter filho? E por aí vai... 

Uma série de curiosidades que deixam o outro em uma situação delicada. Não, você não é obrigado a responder, basta sorrir e delicadamente dizer prefiro não responder. Simples assim...

As redes sociais podem ser consideradas como livros abertos, (mas lembre-se você é o editor, você alimenta as informações.) As revistas que trazem a vida das celebridades, "fofocas" vendem bem, os progamas de reality Show tem público cativo e o motivo é comum para todos: a curiosidade pela vida do outro!

Toda pessoa curiosa sem limites, se torna inconveniente, e a curiosidade é a somatória de cobrança, ciúmes, comparação, competição e até inveja... Você já parou para pensar o porquê a vida do outro é tão importante para você?! Quais são os sentimentos que movem sua curiosidade em relação aquele assunto ou aquela pessoa? Curiosidade precisa ter limite! 

Agostinho escreveu que entre as tentações, uma das mais perigosas era a doença da curiosidade... E ele estava certo... O remédio para a curiosidade alheia é bem simples: Bom senso e discrição sem moderação!

Abraços,
Chris Millardt

sexta-feira, 19 de julho de 2013

"Sem lenço, sem documento e sem soutien..." Pode isto?

Reprodução Internet
Não pode. Sem lenço até tudo bem, mas com documento e soutien sempre.

 Cada vez que uma celebridade é fotografada sem soutien vira notícia... Sim, esta peça é necessária e obrigatória para as mulheres. Não é nada elegante sair por aí sem o tal soutien independente do motivo!

Se o vestido/ blusa é de alcinha você pode optar pelo modelo "tomara que caia" ou soluções como o "Lib" e outros recursos no mercado que dão sustentação e não deixam os detalhes do seu corpinho em evidência.

É até aceitável mostrar um pouco da peça pela transparência da blusa, não acho assim tão elegante mas... Enfim esteja com a peça, rs! Afinal quem mostra demais parece estar em "promoção", pense nisto...

Abraços,
Chris Millard

Caps Lock= GRITO!


Posted By John Saddington on October 26, 2010
Da série Etiqueta nas redes sociais. "CAPS LOCK"
Como você usa o recurso mais gritante do seu computador? A comunicação na internet também tem regras de conduta. Uma das convenções está ligada a utilização de palavras com todas as LETRAS MAIÚSCULAS ou em CAIXA ALTA= CAPS LOCK

O que diz a convenção? Se o seu objetivo é apenas se comunicar, evite o recurso. É isso mesmo: quando você utiliza apenas letras maiúsculas nas redes sociais está, na verdade, gritando com a pessoa do outro lado. GRITANDO! Então, se o objetivo não é esse, evite o uso, a não ser que seja para destacar uma palavra, ou conceito, no meio do texto.

É questão de bom senso e etiqueta. ESCREVER TUDO EM CAPS LOCK não é algo desejável e nem aceitável independente da rede social escolhida. Além de passar a sensação "agressiva" de grito o uso de letras com o mesmo tamanho torna muito mais difícil a leitura de um texto.

Um desabafo que a Sofist foi convidada para ler e opinar. Concordamos, curtimos e dividimos com vocês.  "(...) Quero contar uma coisinha para alguns amigos que só escrevem em CAIXA ALTA (CAPS LOCK) nas publicações das redes sociais, nos prontuários eletrônicos, nos e-mails, se você não estiver "gritando" com alguém ou "esgoelando" contra alguma coisa, não use a caixa alta, por favor! (...) Não é legal. Saibam que não sou nenhuma expert, também cometo gafes, e agradeço aos que me alertam quando isso acontece..."¹

Português, bom senso, boas maneiras e regras de etiqueta são aprendizados contínuos... É mais do que necessário ter ETIQUETA nas Redes Sociais por um mundo digital muito mais bonito, elegante e gentil! LEMBRE-SE CAPS LOCK= Grito... Sendo assim, não grite comigo, por favor!!! 

Simples assim...
Abraços,
Chris Millard

¹Fonte: Desabafo na íntegra Dra. Matê Montovani Médica pediatra.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Truques de maquiagem!


Imagem: Reprodução Internet
Barbie antes e depois...
Procurando o antes e depois de algumas celebridades, quase que não as reconhecemos. Então para evitar qualquer situação constrangedora resolvemos publicar a foto da Barbie mesmo. Uma maquiagem bem feita e um cabelo arrumado tem este poder: Milagroso. Como diz o ditado popular não existe mulher feia e sim mulher desarrumada...

Alguns passos para uma maquiagem perfeita:
1. Prepare a pele lavando com produtos específicos;
2. Aplique um primer na testa, no nariz, nas regiões oleosas e na área dos olhos. Ele tem a função de preencher as linhas finas de expressão;
3. Passe a base da cor da pele;
4. Aplique o corretivo (mais claro que a base) nas olheiras e manchinhas;
5. Com uma base de tom mais escuro que sua pele, aplique abaixo das maças do rosto em direção às têmporas, nas laterais do nariz e abaixo do queixo até chegar abaixo das orelhas, isso ajuda a diminuir o formato do rosto.
6. Pó compacto em todo o rosto para uniformizar a cor da pele;
7. Aplique o blush (com moderação, por favor!) nas maçãs do rosto, para dar um ar de saúde;
8. Para look festa/ noite: Se for evidenciar a boca escolha um batom marcante e seja discreta nos olhos (cor de sombra leve, pouco delineador preto e rímel preto) ou batom nude e olhos bem marcados. Para look dia escolha batom e sombra discretos e olhos pouco marcados (delineador marrom e rímel transparente).
9. Aplique fixador de maquiagem.
10. Não esqueça de retirar a maquiagem quando for dormir!

Dicas simples e práticas, para você ficar linda em qualquer ocasião...

Abraços,
Chris Millard

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Pode unha grande?

Imagem: Reprodução Internet
Sensualidade na medida certa: unhas tamanho médio e esmalte vermelho.
Tudo pode. No que diz respeito ao gosto, cada qual com o seu... Mas eu acredito que o tamanho ideal seria o médio pela praticidade. Não gosto de exageros!

As unhas pequenas são práticas! Precisam ser lixadas e de preferência arredondadas. Para este tamanho não gosto de esmalte escuro, prefiro os tons clarinhos ou francesinha delicada.

O tamanho médio é bem democrático combina com tudo. Fica bem tanto levemente arredondadas como as quadradas. E o esmalte pode ser de qualquer cor. E sim, o esmalte pode ser cor igual ou diferente nos pés.

Unhas grandes: São sensuais, isto nem discute. Mas a linha que divide o sensual do vulgar é muito pequena, lembre-se disto. Não são práticas, atrapalham em tudo e não são muito higiências. Pode ser usado qualquer cor de esmalte (mas evite as decorações) e exite no mercado uma infinidade de recursos para mantê-las grandes como a unha de gel, porcelana e afins.  

Independente do tamanho, o importante é que estejam sempre cuidadas.

Simples assim,
Chris Millard

sábado, 6 de julho de 2013

Experiências gastrônomicas infelizes...


Imagem: Internet 
Beterraba triste  Pintado por Tina2206 a 06 de Agosto do 2014
http://galeria.colorir.com

Concordo que a criatividade de alguns chefes não tem limites... E tem quem goste. Mas acredito que cardápios mais explicativos ou garçons atenciosos fariam nossas experiências muito mais felizes. A dica é: Não tenha receio de perguntar o que e como é o prato! Simples assim. 

Reservou uma mesa, chegou no horário certo e não tem a reserva? O prato chegou diferente da proposta? Veio errado? Está frio? Achou um bichinho na salada? Não foi bem atendido? A conta está para mais? Chame o garçom! Não resolveu? Chame o gerente! Você tem a opção de não pagar os 10% (que são opcionais) e não voltar mais no lugar. Quer castigo pior do que perder o cliente? Ou perder futuras indicações?

Não foi bem atendido? Teve problemas? Passou mal? Reclame é seu direito!!! Mas lembre-se que ser educado e gentil é seu dever. Faça sua reclamação pessoalmente, através de e-mail ou empresas especializadas em reclamação do consumidor. Claro tem órgãos de defesa do consumidor e é seu direito recorrer a eles e também a justiça em último caso...

E sim, você pode até levar para as redes sociais, mas tente resolver primeiro junto a empresa. Em tempo, não faça campanha contra o lugar... Relate o ocorrido, a decisão de ir ou não é do consumidor. Você não quer passar de vítima para culpado, certo?!

Fico triste quando tenho experiências gastronômicas infelizes, sempre envio um e-mail para o responsável do estabelecimento relatando a experiência com toda gentileza e sutileza que a situação pede. Alguns respondem agradecidos e eu até volto no lugar, afinal pode ter sido um mal entendido, uma situação atípica e todo mundo merece uma segunda chance. Outros deixam claro que talvez minha exigência por qualidade, ética e bom atendimento seja maior do que o lugar oferece, e é assim mesmo...

Para o bom empreendedor as críticas são oportunidades de melhorias. E quando um cliente reclama, ainda está dando uma oportunidade ou chamando atenção para algo não percebido...

Que tenhamos boas experiências gastronômicas, afinal eu acredito que o pecadinho da gula seguido da preguiça são os melhores (sic)!

Abraços,
Chris T.Millard

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Dúvida: A gente ou agente?

Reprodução Internet
 A gente (separado) quando se refere a nós. "A gente" é uma forma popular. Exemplo: A gente foi lá ontem. Neste caso, as outras palavras devem seguir a concordância para o singular, mesmo que "a gente" expresse uma idéia coletiva e seja equivalente à primeira pessoa do plural: "nós".

Já agente (junto) é um substantivo, uma palavra que designa uma pessoa que exerce determinada atividade: agente de viagem, agente de serviço, agente 007.

Simples assim,
Chris Millard