segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Como servir saladas?!

Arquivo pessoal Chris Millard nov/2015
Publicada no Instagram
Almoço em casa... Menu: Salada e chá. Apesar da taça, da cor e da vontade de vinho... (Leia-se carqueja e limão!) Com este calor e sem tempo?! Faça uma saladinha leve e fácil (Foto: alface mimosa, tomate italiano, manga, ricota, azeite e orégano).

Leves, coloridas, saudáveis, as saladas são pratos que podem ser servidas em diversos momentos seja como entrada, estimulando o paladar e abrindo o apetite, ou como acompanhamento, complementando o prato principal e até mesmo como prato principal. As saladas são uma opção ideal para os dias de verão.

Algumas dicas para servir saladas de forma prática e elegante:

1. As folhas devem estar bem lavadas, secas e rasgadas "grosseiramente". Por favor não sirva as folhas inteiras, facilite a vida do seu convidado!

2. Vale a pena colocar castanha do pará, castanha de caju, nozes, amêndoa, macadâmia. Para não perder a consistência ao misturar com molhos, basta dar uma torradinha antes.

3. Você pode colocar por cima da salada, finalizando, queijos (cabra, brie, roquefort, ricota, muçarela) cortados em cubinhos ou parmesão em lascas. 

4. Ovo cozido ralado no ralo grosso ou amassado, mas precisa ter a gema bem cozida. Fica ótimo salpicado em cima das folhas, como também frango desfiado ou atum.

5. Frutas secas ou frescas. Desde as mais ácidas, como o damasco e laranja como também as mais doces como passas, ameixa e manga. Se escolher maçã ou pera, deve deixá-las de molho até a hora de servir em água com gotas de limão para não escurecer.

6. Os Brotos de alfafa, feijão, de brócolis ou de trevo podem ser acrescentados na salada do dia a dia e vão muito bem com peixe e frango.

7. Molhos dos clássico aos mais elaborados. Exemplos: Azeite, shoyu e gengibre; Mostarda e mel; Azeite e orégano, pesto dentre outros.

8. Não usa mais decorar as bordas da travessa com folhas inteiras. Você pode servir em travessas de todo tipo, bowls de vidro, acrílico ou plástico, em vasilhas individuais, copos de vidro, taças de martini e em pratos de sobremesa, de jantar "fundo ou raso"... 

9. Você pode colocar conservas como palmito, tomate seco, picles, alcaparras, azeitonas(sem caroço!), alcachofra, etc... 

10. O tempero (Sal, pimenta, azeite, vinagre) deve ser colocado apenas pelo convidado, na quantidade que ele "desejar".

Simples e prático!
Abraços,
Chris Millard


Tendência: Piquenique

Imagem: Internet
Tendência: Fazer "piquenique" (Português) ou "picnic" (inglês)  tem conquistado cada vez mais adeptos, sempre foi um costume em outros países da europa, E.U.A e até no Japão... E espero que esta moda pegue por aqui! É certamente uma "deliciosa" atividade... Mas para ser um evento de sucesso fique de olho nestas dicas:

1. Antes de definir uma data, dê uma conferida na previsão do tempo. Com chuva não dá...

2. Horário: Ou de manhã ou a tarde... Prefira colocar sua toalha próxima a árvores para aproveitar a sombra.

3. O que levar?! 

Bebidas: Água, sucos, refrigerantes, chás, café e vinhos.

Comidinhas: Bolos, brownies, muffins, pães, queijos, tortas, frutas, frutas desidratadas ou secas, sanduíches (sem maionese!), castanhas, nozes, pistache, amendoim, bolachas, biscoitos. Prefira produtos que não estraguem ou derretam com o calor!

Utensílios: 
Cesta para transporte,
Toalha ou um tapete. Se sua proteção de chão não for impermeável, leve uma capa impermeável;
Bandeja para colocar os copos;
Guardanapos de pano ou papel;
Pratos, talheres, cestinhos e tigelas (De vidro, plástico ou descartáveis);
Canecas, copos e taças de (De vidro, plástico ou descartáveis)
Tábua de corte para pães e queijos;
Faca;
Pegadores para servir;
Papel toalha, papel alumínio;
Garrafa térmica para manter a temperatura das bebidas;
Vasilhas com tampas para condicionar restos de alimentos;
Sacos de lixo.

Importante: Chapéu, protetor solar, repelentes.

Onde fazer piquenique em Bh?
1. Parque Municipal Américo Renné Giannetti Patrimônio ambiental de Belo Horizonte, tem orquidário, teatro, pistas de cooper, lagos com barcos e pedalinhos. Rua Goiás, nº 1377 - Centro

2. Parque Ecológico da Pampulha, com cerce de 30 hectares de área verde em uma das mais belas paisagens da cidade. Avenida Otacílio Negrão de Lima - Pampulha

3. Parque Municipal Juscelino Kubitschek com uma área de aproximadamente 28 mil m²tem quadra de futebol, equipamentos de ginástica e alongamento, pista de caminhada e áreas de convivência com bancos e mesas. Avenida dos Bandeirantes - Sion

4. Mirante do Mangabeiras: Tem uma linda vista panorâmica da cidade e do Parque das Mangabeiras. Avenida José do Patrocínio Pontes, 580 - Mangabeiras

5. Praça da Liberdade com um lindo complexo paisagístico e arquitetônico é uma síntese dos estilos que marcam a história de BH. Praça da Liberdade - Savassi

6. Praça Floriano Peixoto passou por uma grande restauração e já foi considerada uma das mais bem preservadas da cidade. Tem muitos brinquedos para a criançada, além disso, funciona como cenário de muitas apresentações culturais. Rua Domingos Vieira, 10 - Santa Efigênia

7. Casa Kubitschek abre o seu jardim e é um dos espaços culturais que integram o Conjunto Moderno da Pampulha conta a história das décadas de 40,50 e 60. Situada na Av. Otacílio negrão de Lima, 4188, mas ligue antes: 31 3277 1586

Importante: Para festas e/ou piquenique com número maior de pessoas alguns parques precisam ser reservados com antecedência.

Conhece mais algum lugar? Conte para a gente no email: chris@sofistetiqueta.com.br

Abraços,
Chris Millard

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Os 10 mandamentos do Vinho!

Imagem: Internet

Ah o fantástico universo do vinho... Sempre há novas e deliciosas surpresas a cada tipo de uva, região, clima resultando em uma garrafa. Cada vinho tem sua história... O vinho deve ser encarado como mais um prazer a mesa e não uma ciência complicada... Listamos 10 dicas para descomplicar:

1. Não se tranforme em um enochato, esnobe, antipático  que ninguém aguenta. Não julgue o vinho pelo preço, nem pelo rótulo. Porque é mito achar que vinho barato é sempre ruim e vinho bom é sempre caro.


2. Respeite a temperatura: Gelar os brancos demais vai "congelar" seus aromas, enquanto servir os tintos na "temperatura ambiente" é um clichê qui no Brasil, por seu clima quente. Em média sirva tintos a 18ºC, brancos a 12ºC e espumantes a 8ºC.


3. Equipamento: Tenha um bom saca-rolhas, corta gotas e se possível um termômetro. Use as taças corretas, transparentes de vidro e/ou cristal e sirva no máximo um terço de sua capacidade. Para os espumantes, o ideal é a taça alongada do tipo flute.


4. As condições ideais para conservação: deixar as garrafas deitadas em local com ausência de luz, de vibrações e de cheiros fortes, em temperatura constante e umidade controlada.


5. A idade do vinho: O vinho é uma bebida viva, em constante mutação dentro da garrafa. O conceito de "quanto mais velho melhor" é mito, pois todo vinho nasce, amadurece, mantém-se no auge por algum tempo e decai até morrer. Não se iluda, nem sempre quanto mais velho melhor.


6. No restaurante: Peça a carta de vinhos, examine com cuidado e escolha aquele que se adapta ao gosto pessoal, aos pratos escolhidos e sobretudo ao que você quer e pode pagar. Sim, pode pedir em taça! A garrafa deve ser conferida antes de abrir. A rolha pode e deve ser examinada. Uma pequena dose será servida a quem pediu o vinho, para que este seja aceito e depois para os demais.


7. Sobrou vinho? Não desperdice nenhuma gota. Está no restaurante? É seu direito levar para casa. (E Quem disse que não pode?!) Está em casa? Não gostou?! Coloque para cozinhar. Uma vez aberta a garrafa, o vinho se oxidará gradualmente até se tornar "imbebível", então pode guardar a garrafa bem tampada com a rolha e consumir o mais rápido possível.


8. Harmonização: Existem dicas de boas combinações por toda parte, algumas são clássicas... Mas tenha em mente que combinar vinhos com alimentos é um universo de possibilidades... E é você quem manda, nunca se esqueça disto!


9. A seqüência para servir: Os brancos antes dos rosés e dos tintos, os leves antes dos encorpados, os simples antes dos complexos e os secos antes dos doces. Os Espumantes podem acompanhar a refeição da entrada a sobremesa.


10. O prazer: Uma garrafa de vinho sempre merece companhia. Conheça o mundo pela degustação, não seja preconceituoso... Experimente uvas, regiões, países, os tintos, brancos, rosés, espumantes, colheitas tardias e licorosos... Pesquise... Você precisa provar, provar, provar... 

Simples assim... Descomplique!

Abraços,
Chris Millard

terça-feira, 24 de novembro de 2015

A posição dos talheres!


Imagem: Internet
Adaptação: Chris Millard
Não sei de onde surgiu a questão sobre a posição "oculta dos talheres" ao terminar uma refeição, mas uma coisa é certa: São duas possições corretas: pausa e término! Nada além disto.

Lembre-se:
1. Se você for "destro" garfo na mão direita, e para cortar o garfo vai delicadamente para a mão esquerda e a faca permanece do lado direito, após o corte garfo na mão direita novamente.
2. A faca não deve ser usada para cortar alimentos macios.
3. Nunca gesticule com os talheres na mão.
4. Não se usa faca para cortar massas, independente do formato.

Simples e prático assim!
Abraços,
Chris Millard

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Mini wedding em restaurante


Imagem: Internet
Os mini casamentos... Uma celebração para íntimos, com os parentes e amigos mais próximos. Com o número aproximado entre 50 e 100 convidados no máximo. Nem os cerimonialistas são unânimes quanto esta quantidade... Sim, com certeza é elegante, intimista e sobretudo charmoso. E precisa dos mesmos cuidados que exigem um grande evento.

Os maiores desafios ao planejar um Mini Wedding, é chegar na lista final de convidados e escolher um local. Lembre-se deverá estar presente neste momento somente aquelas pessoas que fazem de fato parte da vida do casal.

Em Belo Horizonte e proximidades vários lugares aderiram a esta tendência. Segue uma lista para facilitar a vida das noivas:

68 La Pizzeria: Com unidade em um dos bairros mais charmosos de Bh, Lourdes faz de pequenos a grandes eventos. 31 3291 7466

Anella Ristorante: Tem massas de fabricação própria localizado na região da Pampulha sob o comando de Paulo Peluso e família desde 1986. Conta com uma área externa linda, com direito a jardim além de um espaço reservado para eventos. 31 3441 8748 

Bistrô Vila Rica: Tem toda a estrutura como buffet, decoração, mobiliário, iluminação, som. Apenas 300 metros da Igrejinha da Pampulha 31 98586 9946
erika@grupovilarica.com  Av. Fleming 900 - Bairro Ouro Preto. 

Caravela: Um restaurante cercado por verde! Com um toque Português, localizado dentro do Condomínio da Aldeia da Cachoeira das Pedras em Casa Branca - Brumadinho. 31 9 9585 5804 

Casa Bernardi: Com três ambientes distintos e elegantes que podem ser usados de acordo com o perfil do evento. O estacionamento próprio, casa adaptada com 3 elevadores e banheiros para portadores de necessidades especiais. 31 3335 2397

O Conde: No bairro Cidade jardim e tem um belo espaço para realização da cerimônia. 31 2531 6964

Ephigenia Bistrô: Tem um cardápio com fusão de sabores brasileiros e franceses em um ambiente colorido e aconchegante. 31 2535 3065

Espaço Província: Está apenas 15km de Bh, em Nova Lima um lugar cheio de charme. Dá para realizar a cerimônia e recepção, para casamentos de pequeno, médio e grande porte.  31 3581 3645

Restaurante Graciliano: Com unidades nos três bairros mais nobres de Bh (Lourdes, Funcionários e Belvedere) contam com total estrutura para casamentos de pequeno e médio porte. Na unidade Lourdes tem elevador e banheiro para portadores de necessidades especiais. 31 3291 8193   3221 2827   3286 8505

La Victoria Restaurante: Localizado no Jardim Canadá tem estrutura super completa, combina praticidade e elegância. Estacionamento próprio. 31 3581 3200

Espaço Jardins: Um espaço de eventos lindo e muito aconchegante no jardim Canadá com uma estrutura completa. Rua Hudson 961. 313097 0733

Pellegrino: Tem um clima super charmoso. 31 2526 1085

Villa Roberti: O clássico e o moderno da cozinha italiana em um ambiente único, no Bairro Belvedere. Comporta uma média de 90 pessoas. 31 2534 7714


Conhece outro lugar especial ou restaurante?! Envie nos um e-mail chris@sofistetiqueta.com.br

Todas as matérias relacionadas a casamento em um só lugar:
http://sofistetiqueta.blogspot.com.br/p/casamento.html

Abraços,
Chris Millard

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Gafes na recepção do casamento?!

Imagem Internet
Para evitar as gafes de noivos e convidados a equipe Sofist listou as mais comuns:

1. O convite do casamento deve ser entregue pessoalmente. No caso de pessoas que moram em locais distantes, vale enviá-lo por correio.

2. Atraso é indelicado em qualquer situação. Hoje, os celebrantes até costumam encurtar o casamento quando a noiva chega depois do horário. "Pior que atraso é achar que os convidados são mal-educados e colocar no convite que a cerimônia começa 15 minutos/30 minutos antes do horário real.

3. Erro: Buquê da noiva com as mesmas flores da decoração da igreja. Não faça isto. Seu buquê merece destaque!

4. Noivo usando a gravata da mesma cor do buquê da noiva. A gravata deve combinar com o look do noivo!

5. Noivos evitem beijos calientes e demonstrações de carinho explícito. Deixem para mais tarde, quando o casal estiver a sós.

6. Circulem, andem "juntos"(a festa é do casal) por todas as mesas, sejam atenciosos com todos os presentes e cumprimentem todos os convidados que compareceram ao casamento. Agradeçam... Tirem fotos com os convidados!

7. Vetado: Colocar só presentes caros na lista. A atitude dá a impressão de que só quer se aproveitar dos convidados. Escolha itens para todos os bolsos!

8. Vetado: Pedir presente específico para padrinhos. A situação é constrangedora, nunca se sabe o que está dentro do orçamento. Lembrem-se presente não se pede. 

9. Igreja muito grande para poucos convidados ou vice-versa. Igreja muito grande para poucos convidados dá a impressão de que o evento não foi prestigiado. Já uma muito pequena para uma lista grande torna o momento desconfortável...

10. Vetadíssimo: Cortar a gravata ou passar sapato da noiva. Pedir dinheiro é cafona e sobretudo mega deselegante.

11. Atenção noivos e convidados: Beber em excesso é a deselegância máxima!

12. O convidado não tem o direito de interferir na organização da festa do outro... Não leve convidados extras!

13. Na hora de a noiva jogar o buquê, é sempre a mesma situação. As solteiras (e até as casadas) se aglomeram e começa o ridículo empurra empurra. Acredite, não é o buquê que vai garantir o tão sonhado casamento...

14. Convidados: Homens devem investir no look que pede uma certa formalidade e mulheres em vestidos que não sejam muito curtos e jamais branco ou similares. Madrinhas e pais não devem ir de preto.

15. Lembre-se de confirmar presença quando solicitado. O bufê cobra por pessoa, portanto, confirmar a presença é um gesto de delicadeza e sobretudo educação. Se confirmou presença, não deixe de ir.

16. Normalmente há mesas destinadas aos pais dos noivos e aos padrinhos. E, nessas situações, retirar as placas que indicam a reserva e acomodar-se nesses lugares é extremamente desrespeitoso.

17. Quem faz um casamento formal precisa cumprir alguns protocolos: tirar fotos com padrinhos, com os pais, na mesa de bolo, além de jantar no horário estipulado. O convidado deve aguardar a sua vez para parabenizar os noivos!

18. Convidado na hora de abraçar a noiva, que seja um abraço delicado! Tem um cabelo bem trabalhado e uma maquiagem que precisam durar até o final do evento.

19. Não faça nunca: Não ir ao casamento religioso, e só aparecer na recepção... Nada mais deselegante!

20. Só se leva doce para casa quando faz parte da lembrança, como é o caso do bem-casado. Sobre arranjos de flor, lembre-se de que você não tem o direito de desmontar a festa dos outros. Controle-se!

21. Sobre o presente é delicado enviar antes ou até mesmo depois... Mas se é um casamento seguido de mudança não há problema em levar, mesmo porque talvez, você não tenha outra oportunidade para entregar.

Todas as matérias relacionadas a casamento em um só lugar:
http://sofistetiqueta.blogspot.com.br/p/casamento.html

Simples assim!!!
Abraços,
Chris Millard

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

O tabu do esmalte vermelho...


Imagem Internet
Vermelho é "um clássico" doss esmaltes...
Quem disse que esmalte vermelho é brega? 
Quem disse que não pode passar no pé? 
Pode combinar com a roupa?

O emalte vermelho sempre foi o queridinho das mulheres independente da época... Fique de olho nestas 7 dicas:

1. Esmalte vermelho exige uma unha muito bem feita e um acabamento perfeito! 
2. Fuja da combinação com sapato vermelho ou roupa vermelha. Esmalte vermelho não combina com looks vermelhos!
3. Sim pode passar nas mãos e pés, sim pode passar vermelho na mão e clarinho no pé e também vermelho no pé e clarinho na mão. Tudo pode!
4. Desde sempre vermelho é a cor da paixão e da sensualidade. E quanto maior a unha mais sensualidade. Você quem decide!
5. É uma cor que combina com todos os tons de pele e estações do ano!
6. Para ficar mais fácil de limpar: Antes de aplicar o esmalte, passe duas camadas de base inclusive acima da unha, na cutícula mesmo. Use um finalizador, daqueles que secam em menos de um minuto.
7. Para retirar o esmalte passe óleo secante de forma generosa na unha e cutícula antes de remover com acetona ou removedores específicos.


Simples assim...
Abraços,
Chris Millard

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Para refletir: Caridade

"(...) Virtude sem caridade não passa de nome... "  Isaac Newton
A caridade pode ser entendida como um sentimento ou uma ação altruísta de ajuda a alguém sem busca de qualquer recompensa. A prática da caridade é notável indicador de elevação moral e uma das práticas que mais caracterizam a boa essência do ser humano.¹

Independente da religião, todas são unânimes em concordar com o sentido de caridade sinônimo de amor ao próximo; bondade; indulgência; perdão; compaixão. Alguns simples atos de caridade para praticar diariamente:

1. Sorria... Simpatia... As vezes podemos nem perceber, mas, ao sorrir, aliviamos a carga dos que estão ao nosso redor...

2. Agradeça. Nunca se acostume a receber as coisas, mesmo “porque você precisa” ou “porque tem direito” a elas. Receba tudo como um presente, mesmo se estiver pagando por isso. Agradeça sempre. A pessoa agradecida é muito mais feliz.

3. Carinho com o próximo. Você sabe que os ama. Mas… e eles? Gestos de carinho, elogios sinceros, atos de delicadeza, abraços e uma palavra amiga nunca são demais.

4. Cumprimentar as pessoas a sua volta: O porteiro, a faxineira, a recepcionista, o vizinho. Ao cumprimentá-los, você lhes recorda o quanto são importantes e o quanto você os valoriza.

5. Saber ouvir as pessoas: O que pode nos tornar mais humanos que saber escutar? Cada tem sua história, suas dores, escolhas e renúncias... Muitas vezes a pessoa precisa só desabafar.

6. Ajudar ao próximo: São muitas situações do cotidiano ao nosso alcance. As vezes uma simples informação, dar a preferência no trânsito, segurar a porta do elevador, se desculpar, carregar uma sacola ou ajudar alguém com dificuldade para atravessar a rua. Um auxílio nunca é demais! Todos nós precisamos uns dos outros. Demonstre que você ainda acredita na humanidade.

7. Motivar: Sabe aquele amigo que não anda muito bem? Tente arrancar um sorriso dele, para aliviar seu desânimo e ver que nem tudo na vida é ruim ou está perdido. É sempre bom saber que existe alguém que nos motiva.

8. Comemorar as conquistas e qualidades do próximo: Nunca deixe de celebrar as alegrias das pessoas que convivem com você, suas qualidades, conquistas, boas ações.

9. Doar: Doar seu tempo para quem precisa, doar aquilo que você não usa mais, doar seu conhecimento, doar alimentos, doar sorrisos, doar alegria, doar esperança... Isso ajuda a valorizar o que temos, engrandece nosso coração e pode fazer outras pessoas muito felizes.

10. Corrigir com amor: Corrigir é uma arte. Muitas vezes nos encontramos em situações com as quais não sabemos lidar. O melhor método é o amor...

E você, já fez sua caridade do dia?
Abraços,
Chris Millard

Fontes:
¹ Wikipédia

Texto inspirado na publicação de Aleteia Italia
http://pt.aleteia.org/

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Solidariedade por Bento Rodrigues MG

Imagem: Internet
Solidariedade é um ato de bondade com o próximo ou um sentimento, uma união de simpatias, interesses ou propósitos entre os membros de um grupo. Ao pé da letra, significa: 1 Cooperação mútua entre duas ou mais pessoas. 2 Interdependência entre seres e coisas. 3 Identidade de sentimentos, de ideias, de doutrinas. 
Fonte: Wikipédia


Estamos sem dúvida diante de uma grande tragédia em Minas Gerais. O momento é de grande consternação e indignação... Mas tenhamos calma em julgar de onde veio o erro, certamente muita coisa precisa ser analisada e claro devidamente punida pelos órgaos competentes. O momento é de união e solidariedade para aqueles que foram diretamente atingidos.

Você pode doar roupas para adultos e crianças, água, medicamentos, produtos de higiene pessoal, brinquedos, colchões, alimentos, produtos de limpeza, etc... Toda ajuda é bem vinda!

Saiba onde entregar em BH donativos para os atingidos de Bento Rodrigues/ Mariana


Cruz Vermelha Alameda Ezequiel Dias, 427, Centro


Restaurante Bolão Santa Tereza Praça Duque de Caxias, 288, Bairro Santa Tereza
Servas Avenida Cristóvão Colombo, 683, Savassi

Centro Universitário Newton Paiva Avenida Presidente Carlos Luz, 220, Bairro Caiçara

Assembleia Legislativa de Minas Gerais Rua Rodrigues Caldas, 30, Bairro Santo Agostinho

Supermercado Verdemar:
Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1.900, Sion
Avenida Professor Mário Werneck, 1.500, Buritis
Avenida Raja Gabáglia, 3.600, Estoril
Rua Vancouver, 40, Jardim Canadá (em Nova Lima)


Segundo a prefeitura, o distrito de Bento Rodrigues tem cerca de 600 moradores, em 200 imóveis. Mas como outras localidades forma atingidas pelo mar de lama, a estimativa é de até 2 mil pessoas afetadas. Faça a sua parte!

Abraços,
Chris Millard

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

7 Razões para não fazer a barba!




Imagem: Internet
A barba e bigode cairam tanto no gosto da mulherada que até criaram campanhas que clamam para que os pelos faciais masculinos permaneçam... A página do facebook “Faça amor, não faça a barba” e esta campanha Mundial que acontece sempre em Novembro "Movember"¹ são ótimos exemplos! 


Uma lista com 7 razões para não fazer a barba:

1. Pesquisa em uma Universidade na Austrália, mostrou que os homens que não faziam barba há dez dias foram os mais populares entre mulheres pesquisadas. Comprovado: uma barba chama a nossa atenção!

2. É saudável! Os dermatologistas afirmam que as partes do rosto cobertas por barbas e bigodes, em média, têm um terço a menos de exposição aos raios UV prejudiciais.

3. Ter uma barba significa não se cortar nem irritar a pele com uma lâmina de barbear. “Raspar é geralmente a principal causa de infecções bacterianas na área da barba”, explica o Dr. Martin Wade, dermatologista da Inglaterra. Com a barba, os homens também se livram dos inconvenientes pelos encravados.

4. O pelo facial pode ajudar a manter a pele jovem e em boas condições. Isso porque a barba hidrata e protege do vento de acordo com o dermatologista Dr. Nick Lowe. 

5. Homens com asma desencadeada por pólen e poeira deveriam deixar crescer os pelos faciais para reduzir os sintomas. Bigodes que atingem a área nasal podem parar ou impedir que alérgenos entrem no nariz e sejam inalados pelos pulmões.

6. Você já parou para calcular quanto tempo é necessário para fazer a barba? Considerando 10 minutos diários, em um ano, são 60 horas, ou 2 dias e meio, com o aparelho de barbear na mão. Reduzindo para uma vez por semana "aparando", serão somente 8 horas. 

7. Já observou que uma barba pode transmitir um respeito maior e ainda deixa você com uma cara mais experiente?!

E você o que acha?
Abraços,
Chris Millard

¹Durante o mês de novembro de cada ano, o Movember é responsável pelo surgimento de bigodes em milhares de rostos de homens em todo o mundo, por aqui no Brasil é o Novembro Azul. Com os seus bigodes, buscam conscientizar e chamar a atenção sobre a saúde dos homens, especialmente sobre o câncer de próstata e a depressão masculina.

Fonte: 
Manual do Homem Moderno por Leonardo Filomeno Jornalista, Sommelier de Cervejas, fã de esportes e um camarada que vive dando pitacos na vida alheia. Matéria completano blog que adoramos:  http://manualdohomemmoderno.com.br

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Crimes cibernéticos

Imagem: Internet

Crimes cibernéticos (virtuais, de internet) podem ser enquadrados no Código Penal Brasileiro e os infratores estão sujeitos as penas previstas na Lei. 

Seja Cyberstalking (uso das ferramentas tecnológicas com intuito de perseguir ou ameaçar uma pessoa) ou Cyberbullying (uso da tecnologia da informação e comunicação com publicação de mensagens ofensivas ou difamatórias em ambientes online) configuram como crime.

Os crimes, mesmo cometidos pela internet, devem ser denunciados pela vítima de preferência em uma delegacia especializada e se enquadram em Ameaça (art. 147 do Código Penal), Calúnia (art. 138 do Código Penal), Difamação (art. 139 do Código Penal), Injúria (art. 140 do Código Penal) e Falsa Identidade (art.307 do Código Penal), Pornografia Infantil, Racismo, Homofobia, Xenofobia, Apologia e incitação a crimes contra a vida e Neo Nazismo.

Preserve todas as provas, pois são essenciais para a investigação da polícia, mesmo que o autor seja um perfil "fake" é possível identificar de qual computador veio a ameaça e inclusive configura um outro crime: o de "falsa identidade".

Imprima e salve o conteúdo das páginas ou “o diálogo” do(s) suspeito(s) em salas de bate-papo, mensagens de e-mail ofensivas e posts em redes sociais. É necessário ainda guardar também os cabeçalhos das mensagens;

Preserve as provas em algum tipo de mídia protegida contra alteração, como pen drive, CD-R ou DVD-R;

Entenda a diferença entre os crimes:
Apesar de parecer sinônimos, os crimes contra a honra possuem algumas diferenças.

Calúnia (art. 138 do Código Penal): É acusar alguém falsamente de ter cometido um crime. Por exemplo, dizer que sua faxineira pegou dinheiro sem permissão. A pena é de seis meses a dois anos.

Difamação (art. 139 do Código Penal): É difamar alguém, dizendo algo que seja ofensivo à sua reputação. A pena é de três meses a um ano, além de multa.

Injúria (art. 140 do Código Penal): Ofender a dignidade ou o decoro de alguém. A pena é de um a seis meses ou multa. Aqui, na prática, é qualquer xingamento. Se for algo relacionado à cor, raça, etnia ou condição de deficiência, a coisa fica mais grave e o usuário passa a ser enquadrado na lei 10.741, de 2003, contra discriminação. A pena pode chegar a três anos e multa.

Falsa Identidade (art. 307 do Código Penal): Fazer um perfil fake para causar dano a imagem de alguém pode levar a três meses a um ano de detenção.

Ameaça (art. 147 do Código Penal): Ameaçar alguém pela rede, pode levar de um a seis meses ou multa. Lembrando que é necessária uma representação legal.

Onde denunciar?
Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos em Minas Gerais
Av. Nossa Senhora de Fátima, 2855, Carlos Prates BH MG


Fica a dica,
Chris Millard