sexta-feira, 27 de maio de 2016

Violência contra a mulher

Imagem: Um Cartão maio/2016

Denuncie. Ligue 180

É necessário que as pessoas próximas a casos de abuso ou as próprias vítimas tomem a iniciativa de fazer a denúncia. Apenas com o conhecimento do abuso é possível tomar providências. A denúncia é anônima, funciona 24 horas.


Uma lista com os tipos de violências mais comuns:
Lesão Corporal: casos de espancamento, socos, bofetões, pontapés, e uso de objetos contundentes (facas, tesouras etc).

Estupro: relação sexual forçada por meio de violência ou ameaça (relações sexuais forçadas entre: marido e mulher; com deficiente mental; menores de 14 anos também são consideradas estupro).

Atentado violento ao pudor: contato íntimo forçado, sem relação sexual.

Rapto: condução a força ou sobre ameaça para algum local com a intenção de ter contato íntimo, sem completar uma relação sexual.

Ameaça: intimidação, através de palavras ou gestos, indicando a intenção de fazer algum mal.

Calúnia:
falsa acusação.

Difamação:
ofensa contra a honra, na presença de outras pessoas.

Injúria: ofensa, sem a presença de testemunhas.

E a violência, exposição e ameaças através das redes sociais também precisam ser denunciadas... Não espere pelo pior.

Se você é está vivendo ou assistindo uma situação de violência ligue o quanto antes para denunciar ou pedir orientações. Embora as Delegacias de Defesa da Mulher tenham atendimento especializado, você pode denunciar casos de violência em qualquer delegacia comum através do 190. Não se cale diante de qualquer violência. Denuncie!

Abraços,
Chris T. Millard

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Etiqueta no aniversário...

Imagem: Internet
Veja como se comportar com elegância do convite ao parabéns sendo o aniversariante ou o convidado:

Como convidar? 
É sempre melhor que seja por escrito, até para que não haja enganos sobre endereço, data e horários. Ferramentas virtuais "on line" são super válidas para reuniões informais, já as mais estruturadas e formais pedem convites elaborados.

Posso levar alguém?
Não é elegante levar uma pessoa de surpresa que não foi convidada para a festa. Se for o caso, ligue e pergunte para o aniversariante sobre a possibilidade.

Posso levar um bolo ou uma sobremesa?
Pergunte para o aniversariante ou para o organizador do evento. Não leve de surpresa! Você pode levar um vinho, que poderá ser servido ou não no evento ou um arranjo de flor (em vaso) para não dar trabalho.

Quanto tempo antes para convidar?
Uma semana de antecedência é o suficiente. No entanto, se a festa for mais formal e ocorrer próximo a feriados e datas comemorativas, o ideal é avisar com um antecedência de 15 dias.

Festa surpresa ou visita surpresa
Assunto delicado. Nem todo mundo gosta. Antes, pesquise e respeite...

Presente
Para aniversários não é elegante colocar lembretes sobre listas de presentes nos convites. Não se pede presente!

O convidado não é obrigado a presentear, trata-se de uma gentileza espontânea e super gentil! Pode ser apenas uma lembrancinha e deve estar embalado e com um cartão! Nada de dizer "esqueci, mas o presente vem depois."

Você pode levar flores, bombons e vinhos e não necessiariamente serão usados/servidos no evento. Pode levar vale presente ou valores mas somente se tiver muita intimidade.

Já o aniversariante ao receber um presente não deve dizer "não precisava!". Deve abrir o presente assim que receber e agradecer. Caso não goste, diga que irá trocar o tamanho (se for possível usar esta desculpa) e agradeça. O ato vale pela intenção.


Parabéns
Não há uma regra para a hora do parabéns, então, é permitido bater palmas, assobiar e cantar músicas. Se for em um lugar público, o ato deve ser menos barulhento. O que é recomendado, é cumprimentar o aniversariante após o parabéns. 

O aniversariante deve aproveitar a tradição do “primeiro pedaço” de bolo para prestigiar uma pessoa importante em sua vida.


Se a vela não é numérica, não pergunte quantos "aninhos" ou "quantas primaveras". Não é todo mundo que aceita a idade biológica... Simples assim!

Agradecimento
Tanto o convidado como o aniversariante devem agradecer pelo evento ou a presença. Envie uma mensagem agradecendo. 

Redes sociais
O comportamento nas redes sociais deve ser como na vida real. Ou seja, todas as mensagens de aniversário que você recebe em suas redes sociais devem ser respondidas uma a uma.  Os “parabéns” via rede social devem ser entendidos como um telefonema. Na pior das hipóteses, se o aniversariante não tiver tempo, deve enviar uma mensagem igual de agradecimento mas de forma individual. 

Serviço
O aniversariante é a pessoa que menos se diverte na festa. Ele deve receber os convidados, dar atenção a todos, conferir quem está com o copo vazio, ficar de olho no serviço da festa. O aniversariante não deve sentar e relaxar como um convidado. 

Abraços,
Chris T.Millard

O direito a ter uma opinião Política...

Imagem Internet por @biblioterapia
Para discutir Religião, Futebol ou Política é mais do que necessário respeito, bom senso, educação, gentileza e sobretudo civilidade... Muita calma nesta hora!

Tenhamos em mente que tudo pode mudar... Até as nossas opiniões diante dos fatos... E ter opiniões diferentes também faz parte!!! Que tenhamos civilidade nos debates. Emitir uma opinião não pode ser sinônimo de fazer inimigos. Lamentável! Não sejamos tão extremistas. Cada um é cada qual com suas preferências, conhecimento, limitações e aspirações.

E como as pessoas e as questões desastrosas da nossa atual política estão interagindo? Um show de horrores!

A artilharia na internet está direcionada a todos os partidos, motivando inúmeras postagens, fotos, fatos verídicos ou não; com uma repercussão e uma participação nunca vista neste país. Por um lado as pessoas estão se interessando mais pelo assunto, mas o resultado tem gerado discussões, desrespeito, uma total demonstração de falta de civilidade, desavenças, inimizades, cuspidas e muita baixaria seja pessoalmente ou virtualmente.

"(...) Como agem os intolerantes partidários? Aqueles indivíduos que se caracterizam por ter como única e possível verdade a sua própria, e que não conseguem discutir de forma civilizada e tolerar qualquer convicção política diferente. Por pensar assim, rejeitam as discussões argumentativas e se armam de violência, baixaria e atos de vandalismo para fazer descer goela abaixo os seus ideais. A ânsia deles, ao fim e ao cabo, é ser contrário a tudo. O indivíduo intolerante sempre existiu, claro. No decorrer da história a intolerância cresceu no seio da religião e encontrou na política terreno fértil..."¹

Como agir diante os desdobramentos de comentários e discussões sobre a tragédia política atual?! Sendo político, rs... Fazendo a "politicagem" da boa vizinhança, seja pessoalmente ou virtualmente com todo respeito e civilidade que a delicada situação pede... Afinal não é cuspindo no outro que vamos discutir as ideias!

A sábia e tão válida expressão "(...) Posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo..." Não é de Voltaire leia se Marquês de Condorcet (1743-1794), filósofo e matemático ligado à Revolução Francesa. A citada frase foi elaborada por uma biógrafa de Voltaire, em uma obra do início do século 20. E deveria ser usada atualmente como mantra.

Respeito: Para usar sem moderação.
Então é isto!
Chris T. Millard
Fonte: ¹ Frase Publicada originalmente no jornal "Potiguar Notícias", em 30 de setembro de 2013, ano 15, número 496. 

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Encontro Sofist: Jantar Vinho e aula em junho!

Imagem: Internet Década de 50
Não conseguiu reservar a sua vaga para o evento em maio?! Não tem problema... 

Teremos mais uma turma no dia 21 de junho, terça feira as 19:45h com Encontro Sofist: Jantar degustação completo (Entrada, Prato principal e Sobremesa) harmonizado com vinho e Aula em um restaurante super charmoso! 

Temas abordados:
1. O que é Etiqueta e elegância?!
2. Conversação e redes sociais
3. Etiqueta a mesa
4. Apresentação dos pratos e montagem de um cardápio
(Entrada, Prato principal e Sobremesa)
5. O básico sobre Vinhos
6. Etiqueta Moderna, o que mudou?
7. Anfitrião X convidados
8. Gafes mais comuns

E muito mais... 

Investimento: R$ 140,00 (Valor promocional até dia 19/junho através de depósito bancário) e R$ 150,00 no dia do evento a vista ou cartão de crédito (Visa ou Mastercard). Envie nos um e-mail chris@sofistetiqueta.com.br para mais informações e faça sua reserva! 

Quer fazer um grupo particular?! Jantar com seus amigos e ao mesmo tempo saber um pouco mais sobre Etiqueta Moderna?! É possível... Entre em contato conosco. 

(Horário início evento 19:45h e encerranento 22:45h)
Disponibilidade as segundas e terças feiras.

Abraços,
Chris T. Millard

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Não me chame de "Flor"!

Timidez, por Blog www.babiparise.blogspot.com
Ah!!!! os apelidos e os modismos... Os apelidos são mais comuns entre os teeneagers (coisas próprias da idade) e entes queridos família e amores na intimidade do lar... Ou seja, pode usar sim, mas com moderação, aprovação do outro e sobretudo nunca em público e de forma pejorativa.

Surge a dúvida: Como chamar o garçom que esta prestando o seu atendimento? Garçom! E a manicure? Manicure!  E o dentista? Dentista! Ou se você quiser mostrar o quanto é gentil pergunte o nome, caso não tenha um crachá, e chame pelo nome. 
Para qualquer situação de atendimento vale a mesma regra. Simples e prático! Não vale "Flor","querido(a)", "primo(a)", nem "pissite" ou "moço(a)"...

Antigamente reinava o "Coisinha" e o "fofa" que já foi substituído por "Flor". Já o "Miga", "Miguxa" ou "Miga sua loka" são apelidos novatos. O "Falsiane"(antônimo de "Miga") também apareceu recentemente. O "querida" é um clássico... Mas só use se realmente a pessoa for uma querida, de coração... Caso contrário fica bem irônico...

Não se engane "baixinha" não gosta de ser chamada pela sua característica, nem o "carequinha", nem o "gordinho", nem o "barrigudinho", nem o "tio", nem a "dentucinha" e assim por diante!

Se você tem este hábito, hora de rever este comportamento... Chame sempre pelo nome (seja um conhecido, amigo, colega, ambiente de trabalho ou prestador de serviço...). Certamente se a pessoa quiser, ela mesma, dará a liberdade do apelido e vai dizer o que prefere... Simples assim...

Abraços,
Chris T. Millard

A cuspida de cada dia

Alpaca, por Henrique Kugler do Blog O Viajante

Tendência em discussões políticas, o cuspe tem a intenção de humilhar e rebaixar a vítima além de revelar nojo e/ou repulsa.

No entanto é um ato em si lamentável, nojento e asqueroso que demonstra total falta de educação, civilidade, postura, tolerância, respeito, bom senso e equilíbrio. E não tem desculpa que justifique o ato...

Já alguns animais como Alpacas, Lhamas, Vi cunhas e Guianas (mamíferos ruminantes da família dos camelídeos) são dóceis, mas se irritam facilmente e espirram seu muco a qualquer momento em qualquer pessoa.

Mas vale lembrar que não somos "Lhamas"...

Como disse sabiamente Roberta Tum "Menos ofensa. Menos provocações. Mais educação e civilidade no debate..."

Então, é bem simples. Se você é uma pessoa elegante não vai fazer como os animais camelídeos em questão...

Abraços,
Chris Millard