sexta-feira, 22 de junho de 2018

É Copa do Mundo!!!! Tem Etiqueta para isto?

Divulgação: Internet
Tem Etiqueta sim! Para tudo na vida...

É simples... Civilidade, educação, bom senso e o respeito. 
Respeito que é a premissa de qualquer relacionamento civilizado, em qualquer momento,  lugar ou circunstância... Sempre! 

Então você precisa respeitar o time adversário, o torcedor do outro time, respeitar a mãe do juiz... Precisa respeitar o turista que não entende o nosso idioma, precisa ser cortês quando em visita seja em outra cidade, estado ou país! E sobretudo não usar da desculpa da bebida para faltar com respeito ao próximo... Se a "brincadeira" é ofensiva, preconceituosa ou expõe o outro ao constrangimento não é brincadeira: é assédio!

Precisamos "reaprender" o básico: respeitar ao próximo... 

Sobretudo respeite as normas no ambiente corporativo sobre o que pode ou não nesta época. As empresas são livres para fazer qualquer programação e não são obrigadas a liberar funcionários ou providenciar TV  para transmitir o jogo no local. Seja como for... Não exagere. Não faça nada que possa se arrepender no dia seguinte! 

E inclusive respeite se a pessoa gosta de torcer, vibrar a cada gol, postar nas redes sociais "dela"... Gosto, motivo, paixão e ponto de vista cada um tem o seu...

Que todas as situações sirvam como lição. Que possamos nos reavaliar e principalmente aprender com os nossos próprios erros... Seja como torcedor de futebol ou cidadão brasileiro...

Abraços,
Equipe Sofist Etiqueta

terça-feira, 19 de junho de 2018

Gíria pode?!

Imagem: Internet

Gíria Pode?
Depende... De onde, como e quando você vai usar...

Praticamente todo mundo usa gíria... Originária de grupos, é empregada por jovens e adultos de diferentes classes sociais. É uma palavra comum que substitui termos oficiais e se espalha com muita facilidade. 
 
As conversas com amigos e familiares costumam ser recheadas de gírias e vícios de linguagem. Nesses ambientes, falar dessa maneira não é um problema, pois são situações de total informalidade e descontração. 


Na linguagem culta, gíria é considerada plebeísmo, ou seja, desvio que caracteriza falta de instrução. Na vida profissional e acadêmica esse costume deve ser corrigido. Lembre-se que em entrevista de trabalho, nem pensar em usar!


Saber quais são os vícios de linguagem e como costumamos usá-los é o primeiro passo para abandoná-los. A forma como você se comunica tem total relevância na sua imagem. E então?! Como você usa?

Abraços,
Equipe Sofist Etiqueta

Fonte: Texto AUREA REGINA DE SÁ, Jornalista e Coach de Comunicação, especializada em Media Training.

domingo, 25 de março de 2018

10 regras de etiqueta

Imagem Internet

Muitos dizem que etiqueta é frescura, mas todo mundo adora saber como se comportar em várias ocasiões, principalmente naquelas que, apesar de corriqueiras, as vezes cometemos uma gafe, pelo simples fato de "esquecer" as regras básicas.

Uma lista com mais 10 regrinhas de etiqueta que esquecemos de praticar no dia a dia:

1 Se alguém der um vale presente ou um presente em valor será uma atitude gentil da sua parte fotografar o presente ou comentar como o presente esta sendo útil.

2 Quando fizer uma recepção simples, minimalista, reservada em casa, use roupas neutras, maquiagem leve e perfume sempre na medida certa!

3 No ambiente de trabalho roupas justas demais, transparentes, sensuais, maquiagem pesada e muito perfume além de causar um impressão diferente da que você gostaria, além de constranger os colegas. Pense nisto!

4 Quanto mais alto e fino o salto do sapato, mais tarde ele deverá ser usado. Para as bolsas, quanto menor e mais brilhante mais tarde deverá ser usada...

5 Sim, as suas atitudes também no trânsito (Como motorista ou pedestre) são uma radiografia da sua educação e cultura. É deselegante e extremamente perigoso não observar e aplicar as regras de convivência no trânsito. Atenção motorista: se você não usa a seta, você é um sem educação e pode causar acidentes! Simples assim.

6 Mulheres ao agradecer por algo respondem sempre "obrigadA" e homens "obrigadO". 

7 Ostentação não é legal. É brega... Vangloriar-se do salário, carro ou afins... Seja pessoalmente ou pelas redes sociais, quanto mais ostentativo mais brega... Fica a dica!

8 Ao fotografar alimentos, avalie... Alguns pratos são simplesmente pouco fotogênicos...

9 Curiosidade tem limite... Não seja invasivo, ao perguntar algo, observe se realmente a pessoa quer aprofundar no assunto... É gentil e elegante ser discreto e saber o limite...

10 Ao receber uma visita, não é legal mostrar a casa. Salvo se for nova ou tiver passado por uma reforma. Mostre somente se for interessante, por algum motivo, e quiser muito compartilhar "algo" com a sua visita.

Simples e fácil! Faça a sua parte... Gentileza, Etiqueta e Boas maneiras sempre estão na moda!
Equipe Sofist Etiqueta

Mesa com decoração Azul!


Inspiração linda da Kika Junqueira em tom azul. Salvo do site lepetitchouchou.com.br 

O azul é sempre uma cor clássica e elegante! É o par perfeito para o branco, combina super bem com o amarelo, rosa, laranja e dourado, além de outros tons de azul...


Você pode escolher um arranjo de flor. Ou também usar em peças como toalha de mesa, guardanapos, jogos americanos, copos, taças e louças... Como não é tão fácil achar hortênsias, você pode substituir por flores brancas... Fica lindo e delicado!


O azul pode ser para qualquer horário (Café da manhã, Brunch, Almoço, Chá da tarde, Coffee break, Jantar, Coquetel, Comemorações Especiais, etc...).


Mas não espere só uma ocasião especial para usar aquela louça guardada. Invista em você!!! Escolha um dia na semana e prepare um prato e uma mesa especial... Pense nisto! Você merece!


Um grande abraço,


Equipe Sofist Etiqueta

domingo, 29 de outubro de 2017

Etiqueta para o café!

Imagem: Divulgação Internet
Se tiver o copinho de água, a ordem é tomá-lo primeiro para limpar as papilas gustativas e depois o café.

Se você não tiver apoio para colocar o pires, segure com a mão esquerda entre os dedos polegar e indicador, já a colher e posteriormente a alça da xícara com a mão direita.

Não levante o dedinho. Nunca! Nunquinha!

Adoce o café a seu gosto e mexa delicadamente com a colher procurando fazer o mínimo de barulho. Coloque a colher sobre o pires imediatamente. Ou seja, não experimente com a colher nem bata na borda da xícara. 

Nunca assopre o café quente, o mais indicado é esperar que a temperatura fique agradável e apropriada para o seu consumo. 

Simples assim!
Abraços,
Equipe Sofist Etiqueta

Fonte: http://blog.clubecafe.net.br

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Não seja "prolixo"!

Imagem Internet
Em uma época em que as pessoas não tem tempo para nada, e às vezes, nem paciência para ouvir ou ler nada que seja demorado, é necessário cada vez mais, comunicar-se de forma clara e objetiva.

O prolixo usa palavras em demasia ao falar ou escrever... Não consegue sintetizar o pensamento, tornando-se cansativo por estender-se demais, arrastando-se na história ou detalhes desnecessários...

Nada contra aquele "textão homenagem" para a melhor amiga ou para o amor eterno. Mas evite repetição demais... Fica cansativo... Legenda muito grande?! Pouca gente lê até o final! Para se desculpar de algo, seja breve, sucinto. Justifique, peça desculpas e pronto!

E para contar aquela história de sucesso, ou uma reclamação da prestação de um serviço? Lembre-se da cronologia do caso e poupe de detalhes que não fazem diferença, como por exemplo retratar desde o alô da atendente do dia que comprou o produto. Blábláblá... Vá direto ao ponto!

Para reclamações em redes sociais vale a mesma dica. Seja claro, objetivo e prático. Reclame com quem pode e tem autonomia para resolver. Passe as informações corretas e precisas, com códigos e números de notas. Anote e guarde protocolos de atendimento, certamente serão úteis. Em tempo, nunca faça campanhas contra produtos ou prestadores de serviços, ao relatar a sua experiência.A conclusão é de cada um!

Se você consome um tempo enorme para dizer ou escrever o que poderia ser comunicado rapidamente, certamente é prolixo! E está na hora de rever esta atitude. Como diz aquele ditado: "(...)Quem muito fala, nada diz!"

Evite divagações desnecessárias. Ser mais objetivo poupa o seu tempo e o do outro, além de prender e facilitar a compreensão. Suas chances de credibilidade e sucesso serão sempre maiores... Não é assim tão complicado, mas exige um pouco de atenção, trabalho, dedicação e bastante humildade. Vale a pena...

Abraços,
Equipe Sofist Etiqueta

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

É gafe, você sabia?

Imagem Internet
Preste atenção nestas 12 regras fáceis de quebrar e nem perceber... E sim, a maioria das gafes podem ser evitadas!

1 Recebeu um presente? 
Não diga não precisava... Agradeça.
E sim, você precisa abrir na frente de quem presenteou.

2 Mulheres agradecem com "obrigada" e homens com "obrigado".

3 Para bater palmas: Não pode ser na altura do seu rosto... Deve ser na altura do peito, levemente tombada para a esquerda.

4 Tossir com a mão direita: Errado!
Você deve usar a esquerda para tossir ou tampar a boca, no caso de um bocejo. Teoricamente a direita você usara para cumprimentar as pessoas e deve estar limpa.

5 Recebeu um vasilhame com algo preparado pela pessoa?! 
Sim, precisa devolver a vasilha e com algo (mesmo que você não tenha preparado). Pode ser um biscoitinho, bombom... Mas precisa retribuir a gentileza.

6 Vai brindar? 
Brinde delicadamente. E olhe para a pessoa que você esta brindando e não para o copo! 

7 Como usar bolsas, carteiras de mão, sacolas? 
Sempre do lado esquerdo, para que sua mão direita esteja livre para cumprimentar uma pessoa.

8 Você deve sempre segurar a xícara de cafe ou chá com o dedo mindinho abaixado. E a colher depois de mexer vai para o pires. Simples assim.

Para gesticular, lembre-se acima do peito causa impressão de agressividade. Então gesticule o menos possível e sempre abaixo do rosto! E tom de voz? Nada de falar gritado, ok?!

10 Não aponte o dedo. Falta de educação total!

11 Em um jantar ou encontro com outras pessoas não acompanhe a amiga ao banheiro. Nunca! Salvo se ela estiver se sentindo mal. Da a impressão de "momento fofoca". 

12 Apelidos?! Evite... Se a pessoa quiser, ela mesma vai dizer o que prefere! Se for uma relação profissional chamar pelo nome é a melhor opção.

Abraços,
Chris T. Millard