sexta-feira, 23 de junho de 2017

Pode encher o copo?!

Imagem: internet

Dúvida: Pode encher o copo?! Não pode! Calma, a gente explica o porquê...

Copo de água: O copo deve ser servido entre 1/2 e no máximo em 2/3.

Taça para vinho branco. Estes vinhos são sempre servidos frios e as taças menores ajudam a não dar tempo de esquentar a bebida. Servir no máximo até metade.

Taça para vinho tinto: A haste mais longa serve para evitar o calor da mão, devem ser de borda fina, transparente e sem lapidações para permitir análise visual. Sirva no máximo até um terço da taça.

Taça para água (com ou sem gás, servir no máximo três quartos da taça).

Taça para espumante e champanhe: A haste da taça é comprida e o bojo longo e estreito. Segura-se sempre pela a haste e sirva dois terços. Esqueça os "três quartos", que é ate aceitável, mas perde qualidade. Quanto mais fria a bebida, melhor é o sabor. Aqui vale a regrinha básica: Sirva menos e aproveite mais o sabor e as "borbulhas"...

Dica Sofist: Para qualquer vinho sirva um pouco menos da metade. Nada de deixar o copo/taça cheio, super deselegante!!! 
Os vinhos tintos, brancos e espumantes como são servidos mais frios, colocamos menos no copo exatamente para não esquentar.

Simples assim! 

Abraco,
Chris T. Millard

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Etiqueta no Trabalho!

Imagem: http://www.corems.org.br
Seguem algumas regras básicas no ambiente de trabalho.

Pontualidade: Neste quesito nem falamos em etiqueta, e sim, em obrigação. Chegar antes do horário é um habito de pessoas elegantes e profissionais... Lembre se disto... Não existe desculpas para possíveis atrasos. Se você mora em uma localidade quem tem transito, saia de casa com antecedência. Tenha planejamento para não ser necessário usar desculpas...

Você não pode e não deve chamar seu cliente por apelidos carinhosos. Nunca! Respeito é bom e todo mundo sai ganhando.

Roupas discretas, sem modismos. Não use nada de sensual e cuidado com maquiagem e perfumes, que deve ser o mais discreto possível!

Para homens: Prefira ternos escuros e discretos. Gravatas também, a mais discreta possível. A meia é uma extensão da calça, deve ser da cor da calça ou dos sapatos.

Nunca se esqueça de que a primeira impressão é a que fica!

Tenha sempre cartões profissionais disponíveis, para possíveis trocas e apresentações.

Porta aberta, não significa "entre": Pare em frente a porta, sorria e peça licença. Ao ser autorizado entre, cumprimente com um "bom dia" ou expressão adequada para o horário.

Ao conversar olhe nos olhos. 

Aprenda a ouvir.

Não se distraia durante a conversa... Inclusive guarde o celular na bolsa ou bolso. Se for atender uma chamada, peça licença e atenda somente as urgentes, seja o mais breve possível. Rede social nem pensar!!!!

Ao ser apresentado a alguém, não fique sentado. Levantar ajuda a estabelecer a relação e sua presença. Caso seja pego desprevenido e não puder levantar, incline-se para a frente para indicar que, se pudesse, levantaria.

O aperto de mãos. Lembre-se o anfitrião ou o profissional no cargo mais alto, independentemente do sexo, deve estender a mão primeiro. Se for durante uma refeição, não se usa pegar na mão da pessoa.

Só diga "obrigado" uma ou duas vezes durante a conversa. Se você começa a agradecer muito, fica parecendo desamparado e necessitado. Há regras também para notas de agradecimento. Precisam ser enviadas dentro de 24 horas e separadamente para todos que você quer agradecer. 

Deixe o celular no bolso. É evidente que vai levá-lo para onde quer que você vá, mas o recomendado é resistir à tentação de checar suas notificações — por mais discreto que você acredite ser, o movimento é perceptível e indelicado. Nunca deixe o aparelho em cima da mesa.

Nunca puxe a cadeira para alguém. Tanto homens quanto mulheres podem puxar suas próprias cadeiras. Na hora de sentar não cruze as pernas. 

Aponte com os dedos juntos. Indique o que quer mostrar com a mão espalmada, e dedos juntos. Se você aponta com o dedo indicador, fica parecendo agressivo.

Na hora de mandar um e-mail, cheque o destinatário, nunca mande mensagem spam ou para vários destinatários ao mesmo tempo. Mande como oculto. Nada mais desagradável do que perceber que a mensagem foi enviada para toda uma lista. Escreva em letras minusculas.

Almoço, jantares: Divida pães com as mãos. Você nunca deve usar faca para cortá-los em um jantar de negócios. Não peça nada muito caro, se for o convidado. E pague a conta, se foi você que convidou. Pode ter bebida alcoólica sim, mas com moderação e o pedido deve partir de quem convidou. Não empurre ou empilhe os pratos. Você não é o garçom! Ao final das refeições, você não deve pedir as sobras para viagem. 


Lembrou mais alguma coisa? Conte para a gente...

Abraços,
Chris T. Millard

domingo, 18 de junho de 2017

Etiqueta para o Coffee break

Imagem de um Coffe Break lindo do Buffet Paladare RJ
http://www.buffetpaladare.com.br/coffee-break-rj/
Aquela gostosa pausa em uma reunião, palestra, conferência, seminário, congresso, com o objetivo de socialização, relaxamento e um rápido lanche, voltando para a reunião com mais disposição e concentração. 

Quando acontece no início do evento é chamado "Welcome Coffee" com a mesma intenção, além de dar as boas vindas. 

Algumas dicas de etiqueta para este momento ser um sucesso:
Uma boa pedida é não chegar com fome. Mas se isto não for possível, o jeito é praticar o autocontrole...

Está de dieta ou tem alguma intolerância?! Não reclame... Se sirva do que você pode comer.


Não fique todo o intervalo parado junto à mesa se servindo, pois é super deselegante e certamente vai atrapalhar os demais que queiram se servir. O melhor é circular também para fazer contatos.


Se não foi você que contratou a empresa do lanche, não peça nenhum tipo de reposição ou reclame. O responsável pela contratação deverá fazer isto!


A quantidade costuma ser calculada por participante de cada item... Provar as variedades oferecidas seria mais adequado, do que se "fartar" com apenas um item.


Ao abrir o sachê do açúcar ou adoçante, tome cuidado para evitar que parte do produto caia fora da xícara, na mesa ou no chão.


Não vale levar alguns docinhos ou guloseimas de volta para a sala de reunião... Pensar em colocá-los no bolso ou na bolsa jamais!!!! Resista...


Esperar todos voltarem para a sala para continuar se servindo, definitivamente não é aconselhável. Pois a pontualidade do evento depende do respeito ao horário.


Use os guardanapos de papel que estão na mesa para pegar salgadinhos e etc...


Após se servir, não coloque o guardanapo sujo ou o papel do salgadinho em cima da mesa

junto com os alimentos à disposição dos convidados. Localize uma lixeira. 

Esqueça seu celular. Ficar no iPad ou celular o tempo todo pode ser um grande desperdício de tempo e investimento da sua imagem.


Não levante polêmicas ou discussões, este não é o momento.


Não se usa estender a mão para cumprimentar quando as pessoas estão comendo. Faça um aceno com a cabeça. 


Tenha cartões de visita a mão, e claro entregue se tiver oportunidade! Faça contatos...


Aproveite para ir ao banheiro...


Boa sorte e ótimos negócios.


Abraços,
Chris T. Millard

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Ciúmes... Pode ou não pode?!

Imagem: Internet
"A diferença entre um remédio e um veneno está só na dosagem". 
(Paracelso – Médico e físico do séc. XVI).

Assunto da semana: Fulana de tal, famosa, fez cenas de ciúmes para o Beltrano em público... E a situação rende uma semana de comentários... Ciúmes?! Todo mundo tem?! Quem ama tem?! Qual a quantidade saudável?

A primeira coisa a considerar, é que somos emoção e razão... E isto configura as nossas atitudes... Não é problema sentir ciumes, o problema é como você age a partir dos ciumes... Em quem você se transforma? Qual é a sua natureza?

Todos passamos por situações ciumentas ou cenas de ciúmes, algumas partilhadas com o companheiro(a), outras sofridas em silêncio. O ciúme é um sentimento inato à natureza humana e, embora seja quase sempre conotado negativamente, existem formas positivas de lidar com os ciúmes.

1. Ciúmes x amor
Se ao observar o seu companheiro(a) conversar com outra pessoa extremamente atraente, a cena despertar sentimentos ciúmes em você. Isto em si não é um problema. Problema sera fantasiar coisas e perder a cabeça e a noção. Porquê deixar que os ciúmes se transforme em algo negativo como uma cena ou discussão desagradável? Mostre seu amor em atitudes positivas o quanto a pessoa é importante para você!

2. Ciúmes x mais empenho na relação
Transforme os ciúmes em mais empenho e dedique-se mais à sua relação, começando por comunicar as suas necessidades ao seu companheiro(a) e pedindo que ele/ela faça o mesmo.

3. Ciúmes x Autoestima
Os ciúmes não só criam sentimentos de frustração, raiva e insegurança no seio de um casal, como podem abalar a nossa própria autoestima. Independentemente do tipo de ciúme, utilize-o como um incentivo para cuidar mais de si, para crescer e ser uma pessoa melhor, no nível físico, mental ou espiritual.

5. Ciúmes x Gestos de carinho
Quem se sente amado, acarinhado e satisfeito em todos os aspectos, dificilmente sente aqueles ciúmes avassaladores, porque está bem e sente-se seguro na sua relação. Transforme os ciúmes em gestos de carinho, em palavras positivas e crie mais amor na sua vida a dois.

Algumas atitudes que podem ajudar:
Colocar-se no lugar do outro, ou pedir ao companheiro que coloque-se em seu lugar a fim de imaginar como é a vida da pessoa que é vitima constante de acusações infundadas,

Reconhecer e admitir as suas qualidades e perceber que se elas não fossem encantadoras, o outro não teria motivos para estar com você;


Adquirir maior autoestima, confiança e segurança;


Conversas a dois. O respeito, a confiança e a comunicação representam a base de qualquer relação a dois...

Importantíssimo: Procure ajuda médica e psicológica quando a patologia estiver caminhando para níveis muito avançados e atrapalhando sua relação...


caso você esteja sendo vítima de agressões físicas ou ameaças de qualquer espécie, procure ajuda ou denuncie o seu parceiro (ou parceira). Nao fique em um relacionamento abusivo. Ninguem merece isto! 

Nem todas as pessoas sabem lidar bem com os ciúmes, até porque essa é uma emoção que faz parte da natureza humana. Se é o seu caso e em vez de fazer cenas ridículas e lamentáveis, (se expondo e expondo ao outro aos delírios e devaneios da sua imaginação) falando e fazendo coisas que certamente você vai se arrepender mais tarde, procure ajuda médica! 


terça-feira, 13 de junho de 2017

Como arrumar a mesa almoço ou jantar?

Neste caso montagem para o dia a dia. A montagem mais simples de todas: Para um prato único a ser servido. O garfo poderia estar ao lado direito juntamente com a faca.

Imagens: Internet
Sugestão para servir como entrada uma sopa ou creme, segundo prato salada e a colher de chá serve para o molho da salada e o garfo e faca mais próximos ao prato, para o prato principal.
Recebi vários emails e mensagens no "WhatsApp", pedindo ajuda para arrumar uma mesa romântica para o dia dos namorados, mas que fosse fácil de montar e bonita ao mesmo tempo. Respondi todos e ajudei para que cada mesa tivesse um toque de romantismo e se adequasse as pecas que cada um tem em casa. 

Para arrumar uma mesa perfeita é necessário definir o estilo do jantar. O estilo, aforma de servir os pratos, as loucas vão ditar se o jantar é  formal ou despojado e a partir dai devemos escolher a decoração. Tenha certeza que uma mesa bem posta é um carinho que fazemos conosco e com os demais convidados...



Como organizar a mesa ?
1.Básico :
Prato no centro do jogo americano, em frente a cadeira.
Talheres a direita do prato e abaixo do copo sendo: Garfo a esquerda e faca a direita com o corte voltado para dentro, se tiver sopa ou creme ficara a direita após a faca.
Os talheres de sobremesa ficam em frente do prato, acima. Se a sobremesa for mousse, sorvete ou salada fruta use a colher. Se for comer frutas em pedaços coloque o garfo.
Copo acima e a direita do prato .
Guardanapo de papel dentro do prato ou ao lado do garfo.Você também pode deixar o guardanapo de papel no porta guardanapo.


Detalhes que fazem toda a diferença:
Aposte em uma toalha de mesa limpa, jogos americanos ou sousplat de materiais mais simples (aquele prato grande raso debaixo do prato que sera utilizado).

Disponha os alimentos na mesa em travessas ou panelas desde que estejam lindas, bem cuidadas e elegantes.

Porta azeite limpo e sem marca de gordura pode ir à mesa, ou um vidro de azeite apoiado em um pratinho. Assim como o saleiro.

Jarras e copos coloridos estão super em alta, inclusive de acrílico de boa qualidade. As jarra com porta gelo interno mantem o suco sempre geladinho. Sim, pode ser de acrílico!

Panelas de cerâmica, esmaltadas e de vidro são lindas e podem sim, ir à mesa.
Um toque de cor?!Claro que pode! Pratos e travessas coloridas estão super acessíveis. Escolha um estilo e uma gama de cores... 

Você costuma usar taças diariamente? Se sim, lembre-se que elas vão ao lado direito, seguindo a sequência de dentro para fora: taça ou copo de água e depois a taça de vinho. E para jantares do dia a dia, evite as tacas muito decoradas. Prefira as mais básicas e simples. 

Para jantares mais formais sigam nossas dicas em um próximo post!

Abraços,
Chris T.Millard
Equipe Sofist Etiqueta

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Restaurantes Românticos em Salvador


Imagem: Divulgação Internet

Se você está pensando em um lugar especial e romântico em Salvador, seja para comemorar o dia dos namorados, uma noite romântica ou surpreender a pessoa amada vem ver nossa lista! Em datas especiais, vale a pena fazer reserva com antecedência e verificar menus especiais para a data.

Casa di Vina: Localizado na antiga casa de Vinicius de Moraes em Itapuã, com uma varanda super charmosa e uma culinária baiana com um toque internacional. O Mar Brasil Hotel, é um anexo ao restaurante.
R. Flamengo, 44 - Itapuã, Salvador 
Contato:  71 3014 8730
casadivinabahia.com.br

Amado: Tem uma estrutura rústica e vista linda para a Baía de Todos os Santos, o menu sempre inovador, vale a pena a visita.  
Contato: 71 3322 3520

Soho da Marina: Também tem vista para a Baía de Todos os Santos e é o lugar ideal para os amantes da culinária japonesa. Muito elegante, ambiente náutico e descolado, com um menu contemporâneo. Contato: 71 3322 4554

Lafayette: Tem uma cozinha refinada e variada de pratos feitos com toques mediterrâneos, em salão descontraído com vista náutica.Um charme de lugar!
Av. Lafayete Coutinho, 1010 - Dois de Julho, Salvador 
Contato: 71 332 14637
restaurantelafayette.com.br

Alfredo di Roma: Servem o verdadeiro Fettuccine Alfredo em um dos mais tradicionais restaurantes da cidade. 
Contato:  71 3331 7775
Av. Oceânica, 2004 - Barra, Salvador 
alfredodiroma.com.br

Restaurante casa de Tereza: A cozinha requintada da Bahia, com frutos do mar e pratos regionais, servida em casa estilizada e muito acolhedora.
R. Odilon Santos, 45 - Rio Vermelho, Salvador 
Contato: 71 3329 3016

Casa Lisboa: Comida portuguesa de qualidade em ambiente aconchegante e romântico.  
Contato: 71 3331.3841

Pasta em Casa: Localizado no Bairro Rio Vermelho, com uma estrutura diferenciada, atendimento muito simpático e uma decoração criativa; o restaurante é um dos meus prediletos. No último andar tem uma Forneria que também, vale a pena conhecer.  
Contato: 71 3334 7232

A casa Vidal: Com culinária contemporânea, com sabores da Itália, França e Espanha, além de vinhos, em ambiente aconchegante e charmoso.
R. Afonso Célso, 294 - Barra, Salvador 
Contato: 71 3565 8008
acasavidal.com.br

Restaurante Caju: Com uma cozinha elegante e intimista serve criações contemporâneas internacionais ao som de música ambiente suave.
R. Ceará, 339 - Pituba, Salvador 
Contato: 71 3355 0027

Casa Diliana: Com uma gastronomia italiana elegante de massas e carnes e uma seleção de vinhos, em um ambiente aconchegante e refinado.
R. Macapá, 314 - Ondina, Salvador
Contato: 71 33311266
diliana.com.br

Restaurante Origem: Com uma cozinha inventiva e sofisticada, com um toque baiano em um casa acolhedora e ao mesmo tempo elegante.
Alameda das Algarobas, 74 - Pituba, Salvador 
Contato: 71 99202 4587
restauranteorigem.com.br

Restaurante Al Mare: Com um menu Gourmet incluindo frutos do mar, bebidas e drinques, em um ambiente elegante e muito bem decorado, dentro do Salvador Shopping na area Gourmet.
Av. Tancredo Neves, 3133 - Caminho das Árvores, Shopping Salvador 
Contato: 71 3033-7615
almaresalvador.com.br

Cuco Bistrô: é um charmoso local que tem em sua proposta ressaltar o melhor da cultura nordestina através de sua arte e gastronomia, com ligeira influencia da cozinha mediterrânea
Largo do Cruzeiro de São Francisco, 70 - Pelourinho, BA
Contato: 71 33218722

Du Chef: Cozinha moderna e contemporânea, pelas mãos do renomado Chef Lucius Gaudenzi e sua esposa Roberta, em ambiente casual fino com muita criatividade e sabor...
Rua Afonso Celso, 70 Salvador
Contato: 71 3042 4433

Conhece mais algum restaurante que vale a pena?! Escreva-nos, certamente será um prazer ir conhecer e contar aqui um pouquinho sobre nossa "Experiência Gastronômica".

Abraços,
Chris T. Millard

terça-feira, 6 de junho de 2017

Chapéu: Como, quando e onde usar?!



Imagem: Reprodução Internet Chapéu
Clássicos, os chapéus tem o poder de deixar qualquer produção mais elegante e sofisticada. No entanto, as pessoas deixam de usar o acessório porque não sabem como combinar ou com que tipo de look ou ocasião eles devem ser usados. Fique de olhos nestas dicas:
Imagem: http://sutilezafeminina.com.br
O modelo panamá de origem equatoriana, é tradicionalmente claro com tramas fechadas feitas com a palha é o mais indicado para trajes esportivos. Combina com tudo, num passeio durante o dia ou a tardinha... (Pode usar com: camisa, short, calça, vestido, tênis, chinelinhos e sandália sem salto.) Qualquer estação está liberado...

O modelo Fedora é bem semelhante ao panamá, porém é de feltro. Surgido no início do século XX, era inicialmente muito usado pelos homens. É perfeito para combinar com calças, saias longas e vestidos fininhos e delicados. Outono e inverno então, são as estações mais indicadas...

O chapéu Clochê é referência de romantismo. A maioria dos modelos ainda acrescentam laços e cores delicadas. Use em eventos noturnos que pedem um visual mais delicado com sapatos fechados. É muito elegante...

Chapéu Floppy com abas grandes e copa bem arredondada, é romântico e despojado ao mesmo tempo, sucesso entre os hippies nas décadas de 60 e 70. Usado tanto no verão quanto inverno, é queridinho em festivais de música.

O chapéu coco é originário do final do século XIX,  tem a copa mais redonda e as abas bem curvadas. Para ocasiões como passeios, shows e festivais. Apesar de ter sido chamado originalmente de Coke Hat (daí a tradução “chapéu coco”), mantendo a tradição de dar o nome do criador ao chapéu, o modelo acabou ganhando o nome Bowler Hat. 


Imagem: reprodução Internet
 Príncipe Harry e Príncipe William

Chapéu para festas: Já nas festas mais elegantes, como casamento ao ar livre ou na Igreja, o acessório deve vir acompanhado de um look mais formal, como um terninho ou um vestido sem brilhos e em tons parecidos, afinal, o chapéu é ao mesmo tempo um acessório e também uma peça-chave. Quanto mais a noite, menor deverá ser o modelo.

Onde usar? 
Eventos de dia e ao ar livre como casamentos, almoços, festas beneficentes, chás, churrasco, piquenique;
Festivais e shows que aconteçam de dia em ambiente aberto;
Passeios durante o dia em dias de frio ou ensolarados;
Clube, praia e campo.

Onde não usar o chapéu comum?!
Na mesa para comer e em um ambiente fechado. (Se for ao ar livre, ou um restaurante na área da varanda está totalmente liberado!)
Locais fechados como teatro, cinema e shows fechados;
Locais de trabalho, a não ser que seja um chapéu de segurança ou faça parte do uniforme;
Jantares ou outros eventos em ambientes fechados;
Na igreja e outros templos religiosos. 

Obs.: Permitido o chapéu bem pequeno usado como acessório de cabelo combinando com traje de festa. Quanto mais tarde o evento menor deverá ser o chapéu. Quanto mais elegante e formal o evento, mais nobre deve ser o tecido e acabamento. Lembrando que para festas, sempre combina com a cor da roupa.

Chapéu ao seu tipo físico:
Estatura baixa: Escolha modelos com aba média ou curta, isso ajuda a equilibrar o corpo.
Acima do peso: A copa do chapéu deve ser alta e as abas médias, o que deixará tanto o rosto quanto o corpo mais finos.
Pele clara: Dê preferência a chapéus de cores mais claras como o branco, bege, cinza e rosado. Também vale apostar em tonalidade como o preto, o roxo e o azul.
Pele morena: Crie um contraste entre a tonalidade do chapéu e a sua pele, por isso prefira cores como bege, marrom, vermelho, amarelo e verde.

Sucesso com a escolha!
Chris T. Millard

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Nossa visita ao restaurante Mon Caviste!



Imagens: Divulgação

A Mon Caviste Vinhos Franceses Originais é uma importadora especializada em vinhos e espumantes franceses com rótulos exclusivos e importados diretamente de pequenos produtores. Com lojas no Shopping Diamond, BH Shopping e Pátio Savassi, com uma loja restaurante o Mon Caviste Bar à Vin no bairro de Lourdes.

O conceito da empresa se baseia no “Caviste” que, na França, é o dono de uma pequena loja de vinhos. Em contato direto com o produtor, ele escolhe os vinhos que se adaptam melhor à necessidade do cliente, seja para consumo, presente ou para a perfeita harmonização. 

Nossa visita: 

Atendimento:
Muito bom! Garçons muito atenciosos e gentis, com total conhecimento do cardápio de características dos vinhos. Deram ótimas indicações de pratos e vinhos. Destaque para o atendimento do Júlio.

Bebidas: 
Servem um Welcome drink delicioso, divino. De boas vindas, mas atrasou um pouco e chegou na mesa no meio do jantar... Ainda assim, não foi perdida a delicadeza do gesto.
Os vinhos, todos franceses, são os mesmos em todos os pontos de venda e tomá-los no restaurante custa o mesmo que levá-los para casa. Muito legal! São quase 100 rótulos, com valor médio de 60$ (valores de setembro/16).
Além dos mais variados tipos de vinhos como espumante, branco, rosé e tinto, também oferecem drinks e várias opções de vinhos em taças.

Ambiente:
O ambiente é muito agradável, com decoração aconchegante e descontraída. Contam com uma varanda, um salão antes do jardim. Este por sinal é muito charmoso, "(...) é um espaço aberto, aconchegante e com a proposta de ser uma pedacinho da Provance em BH".O salão principal é uma padaria, uma verdadeira boulangerie francesa, com farinha e manteiga importados da França, e fermento natural.

Pratos:
Tempo de espera: Bom. Poderia ser mais rápido, já que tivemos que cobrar a entradinha três vezes... Os valores são justos. Entradas tamanho médio e pratos principais bem servidos, sendo possível dividir. (Inclusive informam no cardápio!).

O cardápio reúne várias receitas da família Bonnefond, que tem origem no Sul da França, região de acento culinário mediterrâneo, experimentamos o Cordeiro com batatas rústicas, excelente!

Fazem reserva, inclusive para eventos. Vale a pena conferir e agendar com antecedência.

Endereço:
Rua Curitiba, 2.244, Lourdes. (31) 3291-1447. Aberto  de terça à sábado de 19h à 0h e no domingo para o almoço, de 12h às 17h. Consulte!


Sofist indica!
Abraços,
Chris T. Millard

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Como lidar com a falta de educação...

Comunicação através de desenho na remota época das cavernas...
Nossa comunicação evoluiu bastante desde então, mas o hábitos...
Significado de Educação segundo o dicionário Aurélio: Ação ou efeito de educar, de aperfeiçoar as capacidades intelectuais e morais de alguém.

Aqui não estou falando da educação, no sentido escolar e nem de formação acadêmica ou títulos... E sim da educação de berço, de casa. Não se espera que as pessoas saibam tudo sobre etiqueta, mas espera-se que sejam capazes de funcionar segundo as regras mais simples, e também as mais essenciais, da sociedade. Educação, respeito, bom senso, bons modos, honestidade, civilidade e gentileza. Isto é básico! 

"(...)As famílias confundem escolarização com educação. É preciso lembrar que a escolarização é apenas uma parte da educação. Educar é tarefa da família."Mario Sergio Cortella

O mundo está de um jeito, que quando alguém é honesto ao devolver um troco errado ou não joga lixo no chão é aclamado. É um ser especial. As pessoas estão tão acostumadas a serem mal tratadas que já parecem não ligar mais. Anormal é quando alguém é gentil com o outro. Muitos pensam: "Nossa! Como aquela pessoa é gentil. Deve ser falsidade."
Precisamos rever nossos princípios e valores...

A desculpa para falta de educação é sempre a mesma. Falta de tempo, muita coisa na cabeça, muita tarefa para resolver, muita gente falando ao mesmo tempo, muitos problemas, muita gente desonesta governando o país, muita corrupção e aquela paradinha em fila dupla na porta da escola? Ahhh, foi rapidinho... E a lista de desculpas é enorme... Como se fosse justificativa ou autorização para cometer falta de bom senso, falta de educação ou infração às leis... É o tal "vergonhoso" jeitinho brasileiro...

"(...) Não precisa ser feliz o tempo todo, distribuir sorrisos falsos ou amar em exagero. Basta lembrar de ter educação. Isso já é um ótimo começo.¹ Uma pitada de bom senso e gentileza, com o devido respeito ao próximo ou ambiente em que se vive, já melhora bem a convivência.

Como lidar com a falta de educação alheia? "(...) É melhor combatê-la com a velha e boa terapia inversa. Seja educado com a pessoa mal-educada. Como ela carece de bons exemplos, ofereça isso a ela, mesmo que o retorno não seja imediato ou nem venha."Se cada educado sensibilizar um mal-educado por dia, quem sabe um dia ainda sentiremos "orgulho de ser brasileiro".² E não esta vergonha alheia...

Vejamos alguns exemplos simples:
1. Respeito: Quando você trata alguém com falta de respeito, demonstra a sua essência... Atitudes revelam mais do que palavras. Lembre-se disto! 

2. Vocabulário: "por favor", "com licença", "desculpe" e "obrigado" são expressões fundamentais para o relacionamento respeitoso entre as pessoas. 

2. Espaços públicos: Jogar lixo (e cuspir) no chão, nas ruas, parques ou praias é um verdadeiro horror. O mesmo vale para os cães: levar o animal para passear e deixar a sujeira espalhada no chão não é apenas ausência de princípios, revela ainda que a pessoa é deseducada e grosseira.

O estado dos espaços público reflete o estágio evolutivo do povo: pessoas civilizadas moram em lugares limpos, não apenas porque os serviços públicos são eficazes, mas principalmente porque ninguém joga lixo nas ruas. Nem sequer um papel, papel de bala ou mesmo a ponta de um cigarro.

3. Furar fila: As filas são para respeitar porque têm o único propósito de evitar que a desordem e confusão predominem. Isso também se aplica às filas nas estradas, o que significa que aqueles motoristas que vão pelo acostamento são pessoas sem educação e respeito pelos outros.

4. Dar retorno: Quando alguém é contatado (não importa o quão trivial seja o assunto) ou convidado para algum evento, deve responder. É uma questão básica da comunicação que se chama reciprocidade. A comunicação é como quase tudo: funciona em duas vias.
Tanto social quanto profissionalmente, não retornar os telefonemas ou e-mails, é um hábito infeliz que sempre revela falta de educação e, sobretudo falta de profissionalismo.

5. Trânsito: O comportamento de motoristas e pedestres demonstram o nível de civilização e educação das pessoas. Dar seta não é opcional, é obrigatório e básico... Básico para a sua segurança e dos demais envolvidos no trânsito. Avançar um sinal não é só falta de educação, é tentativa de assassinato.

6. Leis, regulamentos: A Educação x Direito e deveres. Saiba quais são seus direitos e deveres seja em uma sociedade, bairro, condomínio, escola, trabalho. Reclamar é direito, ser grosseiro é defeito. Você tem o dever de ser respeitoso ao buscar seus direitos.

Não porque seu vizinho é sem educação, que você vai pagar na mesma moeda. Veja quais são seus deveres e direitos e reclame diretamente para o síndico, faça um boletim de ocorrência se for o caso, mas nunca tenha o mesmo tipo de ação negativa.

7. Educação x Liderança: Atenção líderes, gerentes, coordenadores, supervisores a liderança nunca foi sinônimo de falta de educação, de escassez de gentileza, de insuficiência de reconhecimento. Que respeito e educação sejam os norteadores para uma boa gestão. Liderança por exemplo é a forma mais eficaz para bons resultados. 

O que mais impacta no dia a dia são os gestos muito simples que, na realidade, definem quem é a pessoa, como se fossem uma radiografia... Lembre-se disto ao acordar toda manhã. Já evoluímos muito desde o homem da caverna, não retroceda e seja um exemplar de um troglodita. Fica a dica...

Simples assim,
Chris T. Millard

Fonte:¹ Frase do Blog Esse mundo é nosso Artigo Dezembro/2016
 http://www.essemundoenosso.com.br

² Frase do Blog Web nota 10 por Bruno G.Dinardi
 http://webnota10.blogspot.com.br

Blog O Segredo Agosto/2016
https://osegredo.com.br/2016/08/falta-de-educacao/

terça-feira, 30 de maio de 2017

Outono e inverno: Época das franjas!!!!

Imagem: http://www.dicasfree.com
As franjas continuam a fazer parte dos cortes de cabelo e do look feminino antenado. Retas, desfiadas, irregulares e laterais. São capazes de mudar totalmente o visual da mulherada. 

Normalmente é a queridinha da estação Outono/ Inverno pois a manutenção é muito mais fácil e é menos suor na testa... Dá para mudar o visual e rejuvenescer sem alterar no tamanho do "hair"... Mas lembre-se solicite a opinião de um profissional antes de aderir a moda da franja! Não tente fazer em casa sozinha...

Observe estas variáveis:

Estrutura dos fios: Não é indicada para todos os tipos de pessoa ou textura de fios. Cabelos mais lisos favorecem o uso da franja. Já os cabelos crespos ou ondulados, cacheados e étnicos, armam demais e precisam ser modelados com secador, o que pode, muitas vezes, danificar demais essa parte dos cabelos que fica bem na frente. 

Jamais use a chapinha freqüentemente na franja, porque, além de estragar os cabelos, ela deixa a franja espigada e artificial.

Formato do rosto
Rosto oval: É ideal para franjas, pois elas se enquadram bem nesse formato. Como a testa é arredondada, assim como as linhas das têmporas e do queixo, as franjas mais indicadas são as retas ou laterais, porque dão a impressão do rosto não ser tão longo. Prefira as franjas mais curtas.

Rosto quadrado:
Escolha franjas mais longas, em formato oval, para que o rosto fique harmonizado. Uma boa opção são as franjas na altura dos olhos de preferência bem desfiada.

Rosto redondo: A dica é optar por franjas mais longas para harmonizar as formas, de preferência na diagonal.

Rosto triangular: Neste caso a mandíbula é bastante evidente e a região da testa é estreita com as têmporas não são muito aparentes. Assim, as franjas ajudam a diminuir esse aspecto criando a impressão de mais área nessa região, suavizando a evidência da mandíbula.

Rosto longo: Aposte nas franjas longas, pois elas dão a impressão de diminuição do comprimento do rosto.


Rosto fino: Use franjas curtas, pois ajuda a disfarçar o alongamento indesejado, principalmente se você é magrinha. Mas se você prefere franjas longas, opte por aquelas que mantenham o comprimento do cabelo. 

Para todos os modelos de franja, existe a opção desfiada ou cortada reta. Isso pode se adaptar a sua personalidade e a praticidade do corte...

Abraços,
Chris T. Millard

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Desapegue-se...


Imagem:
https://aecx.blogspot.com.br/2014/09/desapegue-se.html
Como diz aquele música: "(...) Ou soma, ou some..." Praticar o desapego nada mais é que livrar-se psicologicamente e logo em seguida materialmente de algo que já não agrega mais, que já não soma como antes.

Para algumas pessoas praticar o desapego emocional é extremamente difícil. De fato, desapegar-se de algo que um dia marcou a nossa vida, não é fácil, mas também não é impossível. "Desapego significa saber amar, apreciar e se envolver nos relacionamentos com uma visão mais equilibrada e saudável, libertando-se dos excessos que o prendem. É deixar ir quando não está bom para uma das partes."

O processo de desapego, para cada pessoa acontece de uma maneira. Colocamos aqui 4 passos, para ajuda-lo nesta empreitada. Mas se você tiver dificuldade para desapegar de uma relação em que uma das partes colocou um ponto final é hora de procurar ajuda médica. 

No caso de uma separação, você precisará entender que acabou, aceitar e praticar esses quatro passos: 
Responsabilizar-se
Desapegar
Esquecer
Recomeçar

Você é responsável por si mesmo. Ninguém pode viver por você. Ninguém pode respirar por você, se oferecer como voluntário para carregar suas tristezas ou sentir suas dores... Não responsabilize os outros pela sua felicidade. Não terceirize a sua felicidade.
Cultive sua própria felicidade, seja responsável, maduro, conscientize-se das suas escolhas e consequências e nunca deixe que seu bem-estar dependa da opinião ou aceitação alheia.

Viva no presente, aceite e assuma a sua realidade. Muitas vezes, não conseguimos aceitar que nesta vida nada é eterno, nada permanece sempre igual; tudo flui e retoma seu caminho. Muitas pessoas estão sempre focadas no que aconteceu no passado, e isso se torna um fardo pesado que carregam no presente.
Mesmo que seja doloroso, aceite, assuma o passado e aprenda a perdoar. Isso o fará se sentir mais livre e o ajudará a se concentrar no que realmente importa: "o aqui e agora". Liberte-se!

Liberte-se e permita que os outros também sejam livres. "A liberdade é a forma mais plena, íntegra e saudável de aproveitar e compreender a vida em toda a sua imensidão."
Ser livre não nos impede de criar vínculos com os outros. Criar vínculos, amar e ser amado, fazem parte do nosso crescimento pessoal... mas isto não pode ser uma prisão de nenhuma das partes.

O desapego significa que você nunca deve assumir a responsabilidade pela vida dos outros, que eles não podem lhe impor seus princípios e nem tentar prendê-lo. É assim que surgem os problemas de relacionamento e o sofrimento. As perdas irão acontecer mais cedo ou mais tarde. Devemos aceitar que, nesta vida, nada dura para sempre. A vida, os relacionamentos e até os bens materiais acabam, e o que você pode fazer?! Recomeçar...

Fique atento a estas atitudes que certamente atrapalham o processo de desapego:
Está seguindo o(a) ex em tudo que ele faz?! Fica vigiando as redes sociais? Tem pedido para os amigos em comum pedir para voltar? Liga de número inibido? Cria fakes para vigiar e importunar o(a) ex?! Desapegue, valorize-se. Neste primeiro momento não mantenha contato, deixe a possível ferida cicatrizar-se. Siga sua vida... Vire esta página e abra outra... Recomece!


Obrigar alguém a ficar com você por perseguição, chantagem, dó ou ameaça, não é amor! É doença... Amor é equilíbrio e liberdade!  Ninguém é obrigado a amar o outro e muito menos continuar em uma relação que não seja saudável. Se você está passando por esta fase, e não consegue desvencilhar do passado, procure ajuda!

Em tempo, não adianta falar mal do(a) ex para todas as pessoas conhecidas, no meio virtual ou pessoalmente. Fica feio, é vulgar, e sobretudo muito deselegante... Terminou, terminou... Não é necessário desmerecer o outro e muito menos justificar o término para a curiosidade alheia.

E falar mal do(a) ex para a(o) atual?! Não faça isto jamais! Vai parecer que você é uma pessoa desequilibrada, insegura, falsa, vingativa e é alguém na adolescência tardia sem maturidade alguma, sem bom senso, mentiroso e irresponsável. Esta é a pior atitude e a a mais lamentável para um adulto ressentido e como consequência ainda pode gerar um boletim de ocorrência por perseguição, além de processo de calúnia, difamação, injúria, ameaça além de aplicação da Lei Maria da Penha pela parte ofendida... E por aí vai... Desapegue-se!

Abraços,
Chris T. Millard
Fonte: 
https://amenteemaravilhosa.com.br
http://www.drdoamor.com

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Casamentos: O que é brega?

Imagem: Cena do Filme baseado no seriado Sex and the City, vivido por Chris Noth.
Briga e discussão em casamento não dá... Resolva os problemas antes... Vai ter que mudar a data depois de tudo arrumado por algum problema, ou não vai ter mais casamento. Cancele antes, se for o caso, os cerimoniais sabem lidar com isto com a discrição necessária. Não deixe o noivo ou noiva no altar.

Sobre o que é brega em casamento é importante lembrar que gosto cada um tem o seu, é algo individual e intransferível ... O que era tendência no casamento dos nossos pais já está "démodé", e é possível que em muito em breve volte a ser tendência... Acho muito legal quando o noivo também participa, afinal é uma festa para os dois. Certo?!

O que é brega para mim, pode ser o seu sonho desde adolescente... Então... Como costumo dizer: Cada noiva/noivo tem um sonho e uma expectativa de casamento lindo e maravilhoso. Para a concretização deste momento você tem direito a TUDO que você sonhou...

Que esta lista sirva apenas como uma reflexão... E não uma imposição ou regra a ser seguida fielmente.


Poucos lugares na cerimônia: É uma falta de delicadeza tamanha. Que tenha o número de cadeiras suficientes para seus convidados assistirem a cerimônia sentados.

Tapetes: Vermelhos, verdes ou brancos decorando a cerimônia já estão aposentados a muito tempo... Mas se você faz questão do vermelho, use-o! Eu não gosto desta tendência do tapete espelho... Acho horrível, mas é o queridinho do momento!

Flores artificiais: É uma questão polêmica... Já foi usada antigamente, caiu em desuso e agora, acreditem, alguns arranjos com flores artificiais de seda (não de plástico!)ficam lindos... Avalie com cautela.

Bolo: Não precisa ser gigante! Calcule para 70% dos convidados. Não é necessário ser branco neve como antigamente... Prefira um bolo pequeno e de verdade, do que um enorme e fake...

Topo: Noivinhos personalizados de biscuit (esclarecendo que eles não são cafonas, só estão perdendo espaço para topos de bolo de madeira, lata, porcelana, acrílico e outros formatos). No meu casamento optei por flores "artificiais" de cetim para o topo e na base do bolo. Agora aqueles topos de biscuit com a noiva fazendo maldades com o noivo: Evite a todo custo!

Valores: Durante a festa, evite conversar com qualquer convidado sobre o custo do casamento. Mantenha-se assim antes da cerimônia, durante o evento e após o evento. 

Brincadeiras: Não faça!!! 
Para quem não conhece a "brincadeira", o noivo vai "oferecendo" a gravata entre os amigos para que cortem se pagarem algo. A variável para a noiva é passar o sapato. Pior ainda é colar um adesivo no convidado "pão duro", "mão de vaca" e similares. É totalmente constrangedor, desconfortável para o convidado e extremamente deselegante para os anfitriões... 



Festa ou lua de mel? Não pode ter uma festa de casamento? Não tenha. Ninguém morre por causa disso. Ou faça algo mini, que possa pagar. Se só tem dinheiro ou para a lua de mel ou para a festa? Escolha qual irá se divertir mais, qual lhe trará melhores recordações e ponto final.Vocês noivos não são obrigados a nada...

Maquiagem: Noivas fujam de maquiagem carregada e unhas decoradas de forma exagerada... Não é legal.

Noivo: Para casamentos diurnos e ao ao livre a aposta são trajes mais casuais como calça + camisa + suspensórios e/ou gravata . Se o casamento for noturno e mais tradicional, o bom e velho terno preto ou escuro será sempre o clássico que nunca sai de moda. Já os fraques, ternos brilhantes e cartola podem se tornar piada no dia do casamento... Fica "bem aparecido".

Vestidos: Os bufantes, com babados, brilhos e recortes estão totalmente fora de moda. Luvas e cetim e aquelas garras com strass também já fazem parte do passado. Hoje a dica é apostar em vestidos leves, vaporosos, com manguinhas de renda e pedraria nos detalhes. É muito mais elegante... Vale a pena olhar também o que combina com o horário e época da cerimônia, seu estilo e tipo físico. É no religioso, noivas cuidado com as transparências, decotes e fendas no vestido. Mas aqui vale a dica: faça seu sonho!

Sapatos: Tire a etiqueta do preço! E sobre cores, eu acho estranho combinar com a cor do buquê ou com a gravata do noivo, prefiro combinando com o vestido! 

Noivas coloridas: Vermelha, roxa, preta... Evite! Mas se for muito o seu sonho converse com o noivos e os pais de ambos. Nada pior do que as fotos com cara de susto, decepcionadas ou emburradas.

Madrinhas: Ninguém deve ou pode usar qualquer roupa que deixe a barriga a mostra. Tenha também muito cuidado com espartilho nas costas. lembrando que no Brasil, branco só para as noivas e preto só para convidadas.(Vetado branco e preto para madrinhas)!

Cobrar bebida: Uma prática comum nos EUA, mas ainda pouco difundida por aqui. As pessoas que vão a seu casamento são seus convidados. Você não pode esperar que eles paguem pela sua festa! Imagine você, convidada para o casamento de uma amiga, ter de pensar em levar seu cartão de crédito? 

Padrinhos e Madrinhas: Quantos? O mínimo possível. Não é legal um grande número de padrinhos. Sobre cor de roupas, noivas converse com suas madrinhas e padrinhos sobre esta delicada questão. Falamos mais detalhadamente sobre isto!

Gravata da mesma cor para padrinhos? Pode! Desde que você noiva e noivo paguem por isso. Não se obriga alguém ter uma despesa extra.

Madrinhas com a mesma cor e modelo de vestido? Polêmico o assunto... Algumas pessoas amam outras odeiam. É um costume muito comum nos Estados Unidos e alguns países da Europa e tem sido muito usado nos casamentos por aqui. É importante que seja combinado com antecedência e que seja analisado delicadamente as diferenças de idade e tipo físico das suas madrinhas, da mesma forma que a condição financeira de cada uma para a confecção/aluguel de um vestido de festa especialmente para o seu casamento

Casamento temático? Não é problema...Se o casal gosta de determinado filme, de um local especial, ao invés de fazer todo o casamento neste tema, por que não inseri-lo em pequenos detalhes da festa. Fazer toda a festa temática pode parecer uma baile a fantasia. Pense nisto!

Convite apenas para cerimônia? Convidou para a cerimônia é obrigatório convidar se tiver festa. Ponto final!

Agora, se o seu casamento é muito íntimo e apenas os familiares bem próximos são convidados, aí você pode sair com os amigos e colegas de trabalho, ou convidá-los para o seu chá e não para o casamento. 

Lista de presentes: Coloque na lista presentes de todos os preços. Lembre-se sempre que presentear é um ato de gentileza e "pedir" presentes caros pode constranger os convidados.

Over chá: Noivas, decidam-se. Vão querer chá de panela, chá de lingerie, chá de banheiro, chá de relógio, chá de caldeirão ou chá hobby?  Veja como é cada um dos chás e escolha o que melhor se adapta a você e pronto!

Quantidade de convidados: Faça dentro do seu orçamento. É tendência mini casamentos, muito mais intimistas.

Convite de casamento: Negativo para convites com foto ou caricatura e totalmente deselegante colocar minicards com a lista de presente anexado.

Atrasos: Coloque no convite o horário correto, não seja deselegante de fazer os seus convidados pontuais esperarem 30 minutos. E noiva: É mais do que elegante chegar no horário marcado!

Entrada da noiva: A Marcha nupcial é sempre o clássico que nunca sairá de moda. Cuidado com bandas/ músicos ou cantores ao vivo. Antes uma gravação bem feita do que um músico bêbado!

Dança dos noivos: Está meio fora de moda aquela valsa tradicional. É mais legal você dançar a música do casal, ou qualquer música que signifique algo para vocês. Não exagere...

Ostentação: Casamentos exagerados do tipo clássico cheio de ostentação também estão super fora de moda. Hoje os casamentos no estilo "mini" são muito mais aproveitados pelos noivos e convidados. mas aqui também fica a seu critério!

Telão: Exibir fotos do casal ou um desenho em um telão durante a festa também é coisa do passado...



Esqueci de alguma coisa?! Conte para a gente... Nosso e-mail chris@sofistetiqueta.com.br



Abraços,
Boas escolhas...

Chris T. Millard