quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Não seja "prolixo"!

 
Imagem Internet
Em uma época em que as pessoas não tem tempo para nada, e às vezes, nem paciência para ouvir ou ler nada que seja demorado, é necessário cada vez mais, comunicar-se de forma clara e objetiva.
 
O prolixo usa palavras em demasia ao falar ou escrever... Não consegue sintetizar o pensamento, tornando-se cansativo por estender-se demais, arrastando-se na história ou detalhes desnecessários...
 
Nada contra aquele "textão homenagem" para a melhor amiga ou para o amor eterno. Mas evite repetição demais... Fica cansativo... Legenda muito grande?! Pouca gente lê até o final! Para se desculpar de algo, seja breve, sucinto. Justifique, peça desculpas e pronto!
 
E para contar aquela história de sucesso, ou uma reclamação da prestação de um serviço? Lembre-se da cronologia do caso e poupe de detalhes que não fazem diferença, como por exemplo retratar desde o alô da atendente do dia que comprou o produto. Blábláblá... Vá direto ao ponto!
 
Para reclamações em redes sociais vale a mesma dica. Seja claro, objetivo e prático. Reclame com quem pode e tem autonomia para resolver. Passe as informações corretas e precisas, com códigos e números de notas. Anote e guarde protocolos de atendimento, certamente serão úteis. Em tempo, nunca faça campanhas contra produtos ou prestadores de serviços, ao relatar a sua experiência.A conclusão é de cada um!
 
Se você consome um tempo enorme para dizer ou escrever o que poderia ser comunicado rapidamente, certamente é prolixo! E está na hora de rever esta atitude. Como diz aquele ditado: "(...)Quem muito fala, nada diz!"
 
Evite divagações desnecessárias. Ser mais objetivo poupa o seu tempo e o do outro, além de prender e facilitar a compreensão. Suas chances de credibilidade e sucesso serão sempre maiores... Não é assim tão complicado, mas exige um pouco de atenção, trabalho, dedicação e bastante humildade. Vale a pena...
 
Abraços,
Equipe Sofist Etiqueta

Nenhum comentário:

Postar um comentário