sábado, 29 de janeiro de 2011

Expresso ou Espresso?

Foto Divulgação Nespresso
A palavra "espresso" grafada com "s" não existe na língua portuguesa, é o termo italiano para o "café expresso". A palavra "expresso", por sua vez, é originária do latim expressus, particípio passado de exprĭmĕre, que significa entre outras coisas "apertar com força, comprimir, espremer, tirar de, arrancar". Em português, esse verbo latino originou exprimir, espremer e, por extensão de sua forma nominal, expressar.


Cafeteira Nespresso Lojas Tool Box
 Pedir um café na Itália (un caffè), assim como em vários países da Europa, é entendido como pedir um espresso.

Caffè espresso: o termo formal italiano. Na maioria dos países, apenas espresso, 30 ml extraídos em aproximadamente 25 segundos.

Ristretto (curto): com menos volume e água, conseqüentemente um sabor mais puro e forte, 10 a 20 ml.

Lungo (longo): mais água (quase o dobro) passa pelo café moído, resultando em um sabor mais fraco, 40 ml.

Doppio (duplo): dois shots de espresso numa xícara, aprox. 60 ml.

Caffè macchiato (manchado): uma pequena quantidade de espuma de leite vaporizado sobre um espresso; ordem invertida no Starbucks e outras cafeterias para outros tipos de macchiatos, com espresso adicionado a uma grande quantidade de leite vaporizado.

Cappuccino: tradicionalmente, uma bebida com ⅓ espresso, ⅓ leite vaporizado e ⅓ de espuma de leite vaporizado, mas em alguns lugares do mundo se acrescenta um pouco de pó de chocolate e/ou canela.

Latte: abreviação de caffè latte, ou café com leite, bebida baseada no espresso com uma quantidade igual de leite vaporizado, com pouca ou nenhuma espuma de leite vaporizado.
 
Fonte: Wikipédia

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Meias: Quando e como usar...


Foto: Editorial Verão 2011 Villa Vittini
A questão de quando e como usar meias é sempre um dilema para algumas pessoas. Acredito que para não errar: as meias devem sempre estar em harmonia com a cor da calça e do sapato. Bermudas? Sem meias. Esportistas? Tênis e meias esportivas brancas.

Para sapatos clássicos, sempre meias clássicas (Devem cobrir as canelas ao sentar). As calças pretas, marinho, grafites e cinzas pedem meias pretas ou nos respectivos tons de calça com sapatos pretos.  Calças marrons, beges ou de outros tons terrosos pedem meias nas respectivas cores ou meias marrons e sapatos marrons.

Meias brancas devem somente ser usadas com tênis esportivos. Como também para profissional da área de saúde ou ainda noivos com “look” todo branco. Nunca use meias brancas com sapatos escuros.

Sapatos que dispensam as meias: mocassins, topsider e dockside.

Bermudas? Dispense as meias (sempre) ou use as "invisíveis"...

Simples assim...

Onde encontrar?
Villa Vittini Pátio Savassi (31) 3288 3915  e Villa Vittini Lourdes (31) 2535-6001 Bh MG
http://www.villavittini.com.br/blog/
Um blog com dicas, temas, tendências, sugestões de compras e todo o luxo da Villa Vittini atualizado diariamente...

Via Veneto (31) 3292 9112 DiamondMall

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Vinho engorda?

Livro : "A dieta do vinho, de Roger Corder"
(Disponível também em Português)
Eis aí um tema polêmico...
Não! Mas o vinho tem valor calórico... (Pela uva e pelo álcool!) Vinho faz bem a saúde! Um copo de vinho contém aproximadamente 80% a 85% de água, açúcar (Nos vinhos secos a quantidade é mínima, nos vinhos licorosos quantidade significativa), vitaminas (B1, B2, NIACINA, B6, B12, A, C), sais minerais (Potássio, Cálcio, Fósforo, Zinco, Cobre, Flúor, Alumínio, Iodo, Magnésio, Boro), álcool etílico (média de 12 g/litro)e não contém gordura!

Engordam quando em quantidades excessivas ou com uma dieta hipercalórica. (Portanto, suas calorias devem ser contabilizadas nas necessidades diárias!)

Uma pesquisa publicada no Archives of Internal Medicine, comprovou que mulheres que tomam até dois copos de vinho seco correm menos risco de engordar. Já um estudo da Universidade do Colorado em 1997 descobriu que homens saudáveis bebendo dois cálices de vinho tinto seco nas refeições não tiveram nenhum ganho de peso.

Abraços,
Chris Millard

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Um pouco mais sobre Espumantes

Foto: Espumante Chandon por ouiouioui.wordpress.com/.../
Há muita confusão quando falamos em "Espumantes". Por isso, é importante explicar os principais tipos desta bebida produzidos em regiões da França, Espanha, Itália e Brasil... Lembrando que tudo é espumante, só que com outros nomes. Espumante, Asti, Prosecco, Spumanti, Cava, Crémant, Mousseaux.

O Espumante brasileiro é um dos mais elogiados do mundo. O clima da Serra Gaúcha é bem semelhante ao da região de Champagne, não é por menos que desde 1973 a maison Moët Chandon apostou no potencial vitivinícola brasileiro e desde então fomos agraciados com o espumante Chandon e de lá para cá muitos outros excelentes são produzidos aqui.

O Asti Espumante é produzido numa região demarcada na zona do Piemonte na Itália. A bebida segue as normas estabelecidas pelo Consorzio per La difesa dei vini tipici Moscato d’Asti e Asti Spumante.

O Espumante "Prosecco" é produzido em apenas duas cidades na região de Veneto, Itália e regulamentado pela Denominazione di Origine Controllata Prosecco di Valdobbiadene ou di Conegliano. Elaborado com uvas do tipo Prosecco é leve, delicado e branco e normalmente pelo método Charmat.

Os Spumanti Italianos, especialmente os originados na região de Franciacorta na Lombardia, são os grandes desafiadores da supremacia de Champagne e reconhecidos como ótimos, alguns excepcionais.

Cava é o nome oficial dos espumantes produzidos na Espanha. Pela legislação, é definido como “vinho espumante de qualidade produzido em uma região determinada, elaborado pelo sistema Champenoise”. Pode ter graduações de açúcar diferentes.

Crémant ou Mousseaux , são espumantes produzidos na França mas fora da região de Champagne. Elaborados tanto pelo método Tradicional, quando são chamados de Cremant, quanto pelo Charmat, quando são chamados de Mosseaux...

Por ser uma bebida versátil, pode ser servida durante toda a refeição conferindo uma ótima harmonização da entrada a sobremesa. Os Espumantes estão presentes desde encontro de amigos até mesmo em situações mais formais. Com inúmeras opções e características o recurso é experimentar...E você prefere qual espumante?

Abraços,
Chris Millard

Diferença Champanhe e Espumante


Taças Flûtes /Foto: Blog Fashion Bubbles /Fonte:Je vais me marrier 
Sempre surge aquela dúvida qual a diferença entre Champanhe e Espumante. Todos são vinhos geralmente brancos ou rosados, com presença acentudada de gás carbônico, obtido através de uma segunda fermentação.

A palavra Champanhe ou "Champagne", por lei só pode ser utilizada para os vinhos feitos na região francesa de Champagne (no extremo norte da frança) e pelo método Champenoise na elaboração (método tradicional de elaboração de vinhos espumantes, em que a segunda fermentação, a qual fornece as desejadas bolhas, ocorre na própria garrafa). Elaborada com três castas (uvas): A Pinot noir que oferece corpo e estrutura, a Chardonnay que oferece delicadeza, frescor e elegância e a Pinot Meunier que proporciona o buquê floral e de frutas. São considerados as bebidas mais sofisticadas e elegantes, portanto as mais cobiçadas do mundo. Podemos citar Moët & Chandon, Veuve Clicquot, Krug, Mumm, Dom Pérignon, Pommery, Taittinger, Perrier Jouët, Bollinger dentre outras.

Todos os vinhos espumantes feitos fora da região de Champagne são denominados "Espumantes" e podem ser elaborados pelo método Champenoise ou Charmat (Processo para obter espumantes em grande escala, a segunda fermentação é provocada em tanques de inox). Destaque para os espumantes brasileiros (Chandon do grupo Moët Chandon LVMH), espumantes da França, espumantes da Itália (denominados Asti e Prosecco) e espumantes da Espanha (Cava). Exemplo de bons espumantes: Chandon, .Nero, Salton, Foss Marai, Cave 18, Fantinel.

Os Champanhes e Espumantes sempre indicam seu grau de suavidade no rótulo. Os mais comuns são Extra Brut: totalmente seco; Brut: Seco; Demi-Sec: razoavelmente doce.

Saiba mais aqui:

1. Como abrir?
http://sofistetiqueta.blogspot.com.br/2011/09/como-abrir-champanhe-e-espumante.html


2.Um pouco mais sobre espumantes:
 http://sofistetiqueta.blogspot.com.br/2011/01/um-pouco-mais-sobre-espumantes.html


3. Dúvida: O Champanhe ou a Champanhe?
http://sofistetiqueta.blogspot.com.br/2013/06/duvida-o-champanhe-ou-champanhe.html

Simples assim!
Abraços,
Chris T. Millard

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Comprando vinhos em supermercado

Imagem: Internet
Sim é possível encontrar boas seções de vinhos em supermercados, mas alguns cuidados são essenciais para uma boa compra... 

Fique de olho nas ofertas. Sempre é possível "garimpar" alguma coisa boa.


Normalmente os vinhos ficam separados por Países ou regiões. Gosta de uma uva específica? Tem um valor médio que gostaria de gastar? Quer harmonizar com aquele prato de domingo?Aproveite e pergunte para o atendente.

Tente escolher a uva que mais atende o seu paladar. Os vinhos de uvas brancas costumam ter mais acidez. Eles trazem a sensação de frescor, por isso é ideal consumir vinhos brancos em dias mais quentes. Tente iniciar suas experiências com as uvas brancas mais conhecidas, a Sauvignon Blanc e a Chardonnay. A primeira tem uma ótima intensidade aromática. A segunda é menos aromática e mais encorpada. 

Mas, se você gosta de um vinho tinto, pode recorrer a vinhos jovens da uva Pinot Noir, mais leves. Ou a carmenere que também é leve e é uma uva super democrática. Ou às uvas Malbec, Cabernet Sauvignon e Shiraz, com mais corpo, taninos (aquela sensação que seca a boca) e estrutura.

Não pegue as garrafas que estão de pé (mostruário), pegue apenas garrafas na horizontal. As rolhas devem estar sempre em contato com o vinho para permancerem úmidas e garantir uma vedação firme.

O local destinado aos vinhos deve estar protegido do sol, calor, oscilações bruscas e umidade. Verifique as condições do rótulo e rolha. É um bom indício das condições de armazenamento, se tiver danificado ou a rolha expandida escolha outra garrafa.

Não baseie a sua escolha por um rótulo apenas bonito: leia o rótulo, busque informações sobre a origem do vinho e do importador. Muitas vezes no verso da garrafa tem a harmonização perfeita.

Não seja preconceituoso, vinhos jovens e com bom preço tem o seu lugar!

Alguns supermercados que indico em BH: SuperNosso Gourmet, Verdemar e Mart Plus.

Boas compras!
Chris Millard

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

O tempo

Foto: Designer Raquel Hoshino para Dynasty Porcelanas Tool box

"A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
(...)

Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...

E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará..."
(Mário Quintana)