sexta-feira, 8 de junho de 2012

Ajude o cupido!

Imagem: Internet
Recebi vários e-mails pedindo dicas como arrumar um namorado... O Cupido sempre leva a culpa, mas será que você tem ações coerentes com o seu desejo? Quer namorar ou quer ser livremente solteiro? Se está solteiro por que agir como se não estivesse?! Não existe uma fórmula mágica para ser feliz no amor, mas algumas atitudes podem ajudar. Veja o que você pode fazer para ajudar o estúpido Cupido:

1. Esqueça os fantasmas do passado. Esteja "apto" para novas situações...

2. O foco não pode ser o outro. Deve ser você... A atenção somente voltada para buscar um relacionamento gera frustração, desgaste de energia. Quando você estiver bem, começa a atrair pessoas.

3.Exercite sua simpatia. Sorria mais! Eleve sua autoestima. Procure estar atualizado sobre os acontecimentos e tendências. Leia pelo menos um livro por mês.

4. Tenha critérios para escolher. Quais as características esta pessoa deve ter? (O que é fundamental, desejado, indesejado e excludente). Analise se você está exigente demais e o que pode ser aceitável.

5. Cuide do visual. Invista em você, no seu bem estar pessoal, físico e emocional. A felicidade depende de você e não de "alguém" que possa aparecer.

6. Aquele ditado "quem não é visto, não é lembrado". Então apareça... Saia de casa! E não recuse convites para encontro de amigos, churrascos, almoço, confraternizações, cinema, teatro, jantares, festas, bailes, formaturas, casamentos, aniversarios e por aí vai... 

7. Relacione. Conheça novos lugares, atividades e pessoas. Matricule-se em algum curso, faça atividades físicas, participe de grupos, clubes, confrarias e tudo mais que aparecer!

8. Varie as companhias. Pode ser que alguém tenha um(a) amigo(a) interessante para apresentar. mas muito cuidado com os "encontros" arranjados por amigos... Não crie expectativas... Esteja bem consigo mesmo!

9. Não ande em grupos muito grandes. A chance de alguém se aproximar é menor e evite sair apenas com uma pessoa, o "interessado" pode concluir que vocês formam um casal.

10. As redes sociais ajudam e muito, mas vá com calma! Não coloque-se em risco físico e muito menos emocional. A carência pode "te" colocar em uma "fria"... Avalie sempre...

11. Preste atenção. As vezes aquele(a) amigo(a) que está sempre do seu lado, seja apaixonado por você e você por ele e "click" você percebe...

12. Avalie o motivo dos seus rompimentos amorosos. O que deu errado? Será que foi a escolha ? Em que ponto o relacionamento deu errado? Por que você tem atraído determinados tipos de pessoas? Você tem sido egoísta ou é medo de compromisso? Qual é a sua exigência? Reflita, o autoconhecimento não deve favorecer a culpa, mas sua mudança interior. Se necessário procure ajuda de um profissional.

13. Não tenha preconceito em relação a aplicativos para conhecer pessoas... Tem inúmeros no mercado para todo gosto, algum deve ser o seu perfil. Use fotos atuais e seja sincero no que procura... Vale lembrar que deve-se ter todo cuidado ao conhecer pessoalmente, não coloque-se em risco. Não passe informações, fotos ou vídeos que possam comprometer sua segurança.

14. Seja você mesmo... As pessoas vão gostar do que você é ou não gostar pelo que você é. E é bom que seja assim mesmo... Não adianta passar aquele perfume "milagroso", vestir aquela roupa "fatal", ensaiar aquele texto... Nada pior do que "personagens"...

Sucesso,
Chris T.Millard

Texto: Chris Millard
Fonte: http://conversafeminina.blogspot.com.br publicação 2008
http://www.spiner.com.br matéria Sandra Cecília psicóloga, taróloga.
Livro: O Marketing do amor, editora: Novo Século Patrick Pin e Fábio Cerresi

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir